Nikolaus Schneider renuncia à presidência da Igreja Evangélica na Alemanha

Nikolaus Schneider renuncia ao mandato de presidente da Igreja Evangélica na Alemanha e deixa o posto em novembro. O presidente do Conselho da IEA surpreendeu a comunidade protestante alemã e europeia com o anúncio de sua renúncia. O câncer de sua esposa é o motivo. “Acompanhar minha esposa que contraiu um câncer torna este passo inevitável”, disse Schneider em um comunicado à imprensa.
“Pretendo dedicar todo o meu tempo ao nosso caminho em comum e este é um desejo que não vou realizar ao lado do ministério na IEA”, concluiu.


Anne e Nikolaus Schneider casaram em 1970 e têm três filhos, sendo que a filha mais nova faleceu em 2005 vítima de leucemia. A luta da filha contra o câncer rendeu um livro que o casal escreveu em conjunto. Schneider, de 66 anos, é o dirigente máximo dos protestantes na Alemanha desde 2010, quando substituiu a bispa Margot Kässmann na função. Seu mandato no comando da IEA iria estender-se até novembro de 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”