Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Celulares estão na mira

Imagem
Os celulares estão na mira ultimamente. Há 20 dias, uma notícia no portal da Globo dava conta da influência dos sinais eletromagnéticos dos aparelhos celulares no desaparecimento das abelhas. Hoje, uma nova notícia no G1 afirma que a OMS descobriu que a sua radiação está associada à causa de um tipo de câncer no cérebro.

Segundo anúncio feito hoje 31 de maio na França, pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, um braço da Organização Mundial de Saúde (OMS), os pesquisadores colocaram a radiação dos telefones móveis no mesmo nível de perigo da emissão de gases de automóveis, como o chumbo e o clorofórmio, “possivelmente carcinogênicos para humanos”. A agência, no entanto, ressaltou que, até agora, não foram registrados casos de problemas de saúde ligados ao uso do aparelho, mas pode ocorrer no futuro. A conclusão é de 31 cientistas de 14 países, sobre a existência de mais de 5 bilhões de aparelhos celulares em operação no mundo.

A notícia veiculada n o site da Globo no dia 1…

Quem planta vento, colhe tempestade

Imagem
O avião da chanceler alemã Angela Merkel foi impedido, nesta madrugada, 31 de maio, de cruzar o espaço aéreo do Irã rumo à Índia. As autoridades iranianas obrigaram o avião a sobrevoar espaço aéreo turco durante duas horas, tempo que duraram as negociações por autorização. A diplomacia alemã afirma que, como de praxe, solicitou e obteve todas as autorizações necessárias para realizar o voo antes de iniciar a viagem, coisa que os iraniamos negam. Curiosamente, um outro avião lotado de assessores não teve problema algum, e pôde cruzar normalmente o espaço aéreo do Irã rumo à Índia.

Depois de duas horas e prestes a ter que fazer um pouso de emergência na Turquia para reabastecer, o avião “Konrad Adenauer” – uma espécie de Air Force One da Alemanha – pôde cruzar o Irã rumo à Índia. O incidente foi classificado de agressão pela diplomacia alemã e o governo daquele país deve solicitar explicações ao Irã. No mínimo, deve requerer um pedido de desculpas.

A verdade é que, com o exército alemão…

Saída honrosa para o plástico?

Imagem
O plástico é um dos mais danosos vilões ambientais da civilização moderna. Cerca de 4% de todo o petróleo extraído no mundo é destinado à produção de plásticos, que são a matéria-prima da vida moderna. Desde os mais simples utencílios domésticos até aplicações industriais indispensáveis, a humanidade não pode mais viver sem esta invenção. O problema principal é que, além de levar décadas para decompor-se, a produção de cada quilo de plástico lança seis quilos de CO2 na atmosfera.

Nos últimos anos, entretanto, pesquisas vêm apresentando alternativas de substituição do plástico de petróleo pelo que se convencionou chamar de “plástico verde”. Eles são produzidos a partir de matéria-prima renovável. O Brasil é um dos expoentes nesta pesquisa, que vem dando destinação eficaz às sobras vegetais da indústria canavieira para gerar uma produção sustentável de bioplástico.

O bioplástico é composto de plantas como a cana-de-açúcar. Dificilmente pode-se encontrar algum utencílio doméstico para o qu…

Arma em casa, tenha uma...

Tragédia. Em Fresno, nos EUA, uma criança de dois anos dispara acidentalmente uma pistola automática e mata a irmã de seis anos. A menina morreu na hora, e o acidente foi assistido por outras duas crianças. O que elas estavam fazendo com uma pistola automática no meio dos seus brinquedos? O pai estava em casa. Ouviu o disparo em outro cômodo. Mas nada disso tirou o “bom senso” da polícia local, que está tratando o caso como “um acidente”, do qual os pais de modo algum são culpados. Outro detalhe, ainda mais aterrador: diversas outras armas foram encontradas na casa, que foram todas apreendidas para a investigação. (Rastreie a notícia aqui: http://glo.bo/lRonYP). E os EUA são o sonho de consumo dos defensores brasileiros das armas na casa do cidadão “de bem”, para defender-se dos meliantes, bandidos, assaltantes, ladrões e estupradores. Sem mais comentários...

Juana é a mais velha do mundo

Imagem
A cubana Juana Bautista de la Candelaria Roduiguez completou 126 anos em 2 de fevereiro. Com essa idade, ela é a pessoa mais velha de que se tenha conhecimento no mundo. Mas Juana, que vive em Campechuela, província de Granma-Cuba, não é mencionada no Guinness World Records. No dia 18 de maio o livro dos recordes anunciou que a mineira Maria Gomes Valentim, de Carangola, com 114 anos e 313 dias, seria a pessoa mais velha do mundo. A brasileira substituiu a norte-americana Besse Cooper.

O Guinness, publicado pela primeira vez em 1955, não faz restrições a qualquer nacionalidade, tanto que outros cubanos já apareceram no livro. A publicação alega que o nome de Juana está fora porque desconhecem o caso. Para provar sua idade, o requerente precisa ter uma certidão de nascimento original emitida até 20 anos após a data de nascimento e provas de que continua viva. Os familiares garantem que o comprovante da idade de Juana está no cartório de Campechuela. Ela foi registrada 25 dias após seu …

Eis o depoimento do Zé

O sangue de Zé e Maria está em nossas mãos

Imagem
Este emocionante depoimento sobre José Cláudio e Maria do Espírito Santo foi escrito pela bióloga Juliana Machado Ferreira, mestra em Biologia e doutoranda em Genética. O artigo foi publicado ontem, 26 de maio, no jornal paulista Diário do Comércio, no espaço cedido pelo colunista Neil Ferreira. Leia e indigne-se: Até quando vamos tolerar tudo isso?

Majestade é a maior castanheira do lote de José Cláudio Ribeiro da Silva e de sua esposa, Maria do Espírito Santo, em Nova Ipixuna, Pará.

Zé Cláudio, castanheiro desde os sete anos, possuia a sabedoria do povo da floresta, algo que só acreditei que existia quando o conheci.

Até então achava que era mais um clichê.

Em 6 de novembro de 2010, Zé Cláudio deu uma palestra emocionante no TEDxAmazonia, que desde fevereiro de 2011 está online, de graça, para quem quiser assistir (www.tedxamazonia.com.br). Eu não conhecia Zé até então. Seu nome foi sugerido pelo jornalista Felipe Milanez. A palestra de Zé foi emocionante em todos os sentidos.

Em sua sab…

Uma propaganda genial

Imagem
A campanha desenvolvida pela agência Young & Rubicam para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é genial. “Você tem mais sangue do que precisa. Doe um pouco!”, é o mote da campanha. As imagens utilizadas (há mais dois cartazes como este) dizem tudo. Quem nunca se pendurou de cabeça para baixo e sentiu o sangue acumulado na cabeça? O conceito é simples, a mensagem direta e o resultado pega na veia. Perfeito.

NASA encontra 17 novas pirâmides enterradas no Egito

Uma equipe de arqueólogos descobriu 17 pirâmides enterradas no Egito com a ajuda de imagens de satélites da NASA, segundo um documentário da BBC que será transmitido na próxima segunda-feira. Liderada pela pesquisadora americana Sarah Parcak, da Universidade do Alabama em Birmingham, a equipe já confirmou a existência de duas das pirâmides por meio de escavações.

A BBC, que financiou a pesquisa, divulgou nesta semana as descobertas antes de ir ao ar o documentário intitulado "As Cidades perdidas do Egito", que descreve os resultados e as técnicas utilizadas. "Eu não podia acreditar na descoberta", disse Parack, citada pela BBC. "Escavar uma pirâmide é o sonho de todo arqueólogo", afirmou.

A equipe de pesquisa também encontrou mais de mil tumbas e três mil câmaras, segundo o relatório. Imagens em infravermelho captadas pelos satélites a 700 km de altura revelaram a presença das estruturas abaixo da terra. Os satélites utilizaram poderosas câmeras que podem &…

Emergentes não deviam querer comandar o FMI

Por tudo o que o Fundo Monetário Internacional-FMI representa, não acho que os países emergentes devam disputar o seu comando, em substituição a Strauss-Khan. Mesmo porque, os agora “emergentes” já foram tratados como “submergentes” pela instituição, que sempre foi usada de chicote de domador contra eles. Agora querem comandar aquilo? Para usar o chicote contra quem? A senhora Christine Lagarde deve comandar o FMI. Quanto aos “emergentes”, fiquem longe! Vocês sabem o gosto amargo do remédio.

Foi-se o kit, mas o tema permanece

A presidenta Dilma Rousseff vetou o programa do Ministério da Educação chamado de “kit gay” pelos opositores, que são principalmente a barulhenta bancada evangélica e o deputado Jair Bolsonaro. Segundo os noticiários, Dilma não gostou dos vídeos, achou o material inadequado, e determinou que não circulassem oficialmente.

Como você pode ver nos vídeos, o foco do material do MEC está um tanto quanto forçado. Dilma agiu corretamente ao julgar que era preciso mais tempo para buscar uma abordagem melhor do tema. Está faltando pedagogia

Os “bolsonaristas” podem até achar que ela tenha cedido ao barulho deles e que, portanto, devem continuar com a sua luta discriminatória e fundamentalista, porque estão ganhando.

O material foi considerado “inadequado” pela presidenta, o que quer dizer que deve ser melhorado. Sinceramente, não era o caso de o Jean Wyllys pedir que a comunidade gay deixe de votar na Dilma. O próprio Jean sabe que aquela turma é incendiária e absolutamente insana. Por isso, mui…

A homofobia e a graça de Deus

Imagem
Se o medo das igrejas com relação à lei que pretende tornar a homofobia crime é em relação à perda da liberdade de pregar que a homossexualidade é pecado, o foco está distorcido desde o princípio. Especialmente para os evangélicos, cujas raízes teológicas estão na Reforma, o discurso de pregar sobre uma lista de coisas que são pecados está fora de foco.

A redescoberta (Lutero, por exemplo) da graça de Deus como ato libertador não está presa a uma lista. Ela revela a condição humana. Diante de Deus o ser humano não é a sua lista de pecadinhos e pecadões, mas é simplesmente pecador. Eu não estou em pecado por isso ou aquilo, mas eu sou pecador. É a minha condição, independente se eu estou numa prisão de segurança máxima ou sou o pastor da minha igreja.

Diante deste preceito teológico fundamental, não concebo as igrejas anunciando que isso ou aquilo é um pecado a ser destacado. Por que o homossexualismo deveria encabeçar esta lista? O que é feito da prevaricação, da corrupção, da usura, da…

Um herói completa 70 anos

O vento, ah, o vento! Por onde ele passa, leva embora as respostas. Muitas perguntas ficaram desnudas, sem saber onde esconder-se, depois que o vento passou. Quase cinco décadas depois, ele continua levando as respostas das perguntas mais cruciais da existência humana sobre este planeta.

A humanidade continua seguindo estradas e mais estradas, a maioria por caminhos tortuosos e erráticos, buscando respostas que não encontra; que teimam em ser levadas pelo vento, qual folhas de outono. Continuamos agindo qual crianças, perdidas em meio ao absurdo da vida, como folhas ao vento... como respostas que desaparecem, voando, voando...

As balas de canhão continuam voando, muitas e muitas guerras depois do Vietnã. Não há paz. Ela é volátil, de durabilidade efêmera.

Ainda não somos livres, depois das incessantes buscas dos anos 60, 70, 80 e 90. Não somos livres em pleno século 21. Antes prisioneiros de tantas angústias pessoais e intransferíveis, agora somos escravos da tecnologia, por não sermos c…

Ha muito a fazer pela paz

Imagem
Quando vejo como tratam a paz, eu não consigo ficar em paz. O que entendemos, quando colocamos esta palavra em nossa boca? Que tipo de imaginário aquece as turbinas do jato da nossa mente quando fazemos essas três letrinhas decolarem do aeroporto da nossa imaginação?

Quando a palavra é evocada como lenitivo para as nossas tribulações pessoais, como vemos? “Deixe-me em paz!”, que conotações desperta em nós? E se eu não deixar você em paz, o que você vai fazer, vai iniciar uma guerra? Em nome da sua paz, você é capaz até de começar um conflito?

É quase sempre assim que começam as guerras: “Deixe-me em paz!” Mas também é quase sempre com essas mesmas palavras que uma vítima agredida tenta livrar-se de seu agressor. É um pedido de socorro, uma ordem gritada por quem não está em posição de dar ordens. É o anúncio desesperado de alguém que diz que estão quebrando a sua tranquilidade, transformando a sua vida num campo de batalha.

Que sentimento desperta a palavra paz em nossas mentes neste di…

He Qi, o pintor da Bíblia

Imagem
O pintor chinês He Qi viu a face de Jesus pela primeira vez numa revista antiga. Agora ele pinta suas próprias representações das histórias bíblicas. “Obras de arte não têm laços nacionais, mas o artista sempre tem a sua nacionalidade”, diz He Qi (pronuncia-se Ho-chee). Um artista que se tornou cidadão do mundo, ele preferiu continuar vivendo em seu país de origem. Durante a Revolução Cultural, ele pintava quadros de Mao, quando viu a Madona de Rafael numa velha revista. “Eu fui tocado pela suavidade do sorriso da virgem”, diz ele. Mas a obra de Rafael fez mais do que convertê-lo ao cristianismo. Capturou a sua imaginação criativa. “Há duas maneiras diferentes de ser cristão na China. Uma é pela forte influência vinda da base familiar; a outra é por sua livre escolha, passo a passo. Eu fui pela segunda via”, relata ele.

O Dr. He Qi é professor no Seminário Teológico Unido, em Nanjing-China, e tutor de candidatos a estudante no departamento de filosofia da Universidade de Nanjing. Ele t…

Um dia contra o abuso sexual contra as crianças

Imagem
Simbolizando crianças que tiveram sua infância “apagada” pela violência sexual, mais de mil jovens e adolescentes reuniram-se ontem à tardinha, em frente ao Masp, em São Paulo, de camisetas brancas e velas nas mãos. Protestavam contra a exploração sexual de menores. O protesto marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração contra Crianças e Adolescentes.

Os protestos aconteceram também em outras cidades, como em Salvador, onde os participantes apagaram uma vela a cada 15 segundos, simbolizando o número de crianças e adolescentes que, segundo estatísticas, são vítimas de abusos no mundo. Todas as velas foram acesas novamente para demonstrar a esperança que ainda existe em diminuir esse número.

Em 2010 foram registrados 12.487 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no Brasil, segundo dados do Disque 100. O maior número de vítimas de violência sexual é do sexo feminino, representando 78% dos casos.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Criança…

Vila Sésamo contra a intolerância

Imagem
Personagens e produtores da Shra’a Simsim em evento de apresentação do programa.

Em meio a um conflito que dura mais de 60 anos, uma nova comitiva chegou para promover a paz entre israelenses e palestinos. Em Israel, Gaza e na Cisjordânia, Garibaldo, Elmo, Ênio, Cookie Monster e sua turma da Vila Sésamo tentam superar as diferenças e transmitir mensagens de paz e tolerância para as crianças do Oriente Médio.

De acordo com a Unicef, as crianças são maioria nas populações dos territórios palestinos e as principais afetadas pelos conflitos. Pensando nisso, a Sesame Workshop – instituição norte-americana sem fins lucrativos que produz o programa – criou o Shra’a Simsim, personalizando as histórias e personagens de acordo com a realidade vivida pelas crianças de ambos os povos. Todo o enfoque do programa foi pensado após extensas pesquisas realizadas com crianças palestinas e israelenses.

Episódios que mostram a necessidade de união de todos para enfrentar catástrofes, ou que falam de superar…

Gente tratada como ratos

Imagem
por Luana Diana dos Santos

Domingo. Final do campeonato estadual entre o Galo Mineiro, meu time do coração, e o Cruzeiro, nosso maior rival. Enquanto almoçava, acompanhava pelo rádio os últimos detalhes do clássico. A transmissão foi interrompida com a notícia de que moradores de rua do Santa Amélia, bairro de classe média de Belo Horizonte, haviam sido envenenados. Sem acreditar no que acabara de ouvir, acessei a internet na tentativa de descobrir o que realmente havia acontecido. Para minha tristeza, era tudo verdade.

As notícias davam conta de que nove mendigos, entre eles uma mulher, haviam bebido cachaça misturada com chumbinho. Felizmente todos foram socorridos a tempo e não correm risco de morte. Segundo testemunhas, no mês anterior houvera outra tentativa de extermínio. Foi oferecido aos moradores de rua comida envenenada, mas desconfiados, não chegaram a consumir o alimento. No dia seguinte, um cachorro apareceu morto após ingerir a refeição.

Num ano marcado pelas declarações ab…

A insuperável tecnologia Book

Adorei este vídeo. Toda a parafernália eletrônica, que consideramos tão útil e indispensável, não tem como superar esta tecnologia. Nada interage comigo de forma tão direta, fantástica e próxima. Tem até cheiro. Experimente você também.

Sem preconceito

Imagem
O reino animal dá mais uma bela lição à humanidade. Este pato, que vagava sozinho pela beira do rio Itajaí-Açu, no centro de Blumenau, sentindo falta de companhia, aproximou-se de um grupo de capivaras, que moram no mesmo "bairro". Resultado, ele foi adotado pelas capivaras e vive feliz no grupo. A notícia inusitada foi publicada no Jornal de Santa Catarina de hoje. A foto é do jornalista fotográfico do Santa (Grupo RBS), Jandyr Nascimento.


Crianças são as maiores vítimas

Imagem
Uma inundação colocou um quinto do Paquistão debaixo d'água. As crianças são as principais vítimas

Segundo a UNICEF, nos últimos 20 anos o número de catástrofes naturais não parou de crescer no planeta. Aumentaram de 250 em média ao ano nos anos 90 para quase 400. Segundo a entidade das Nações Unidas voltada para as crianças, mais de 200 milhões de pessoas foram diretamente afetadas por inundações, secas ou temporais, especialmente nos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento.

Os dados revelam que pelo menos a metade desses afetados é constituída de crianças. Elas são mortas, feridas ou sofrem o efeito de doenças oriundas da subnutrição, da água contaminada e de péssimas condições de higiene. Os meninos e meninas que sobrevivem às catástrofes são duramente atingidos, é o que revela o relatório “A situação das Crianças em Regiões em Crise 2011”, da UNICEF. Nas suas páginas, a realidade de 32 países, dois terços deles no continente Africano.

As catástrofes naturais têm efeitos ain…

De Nobel para Nobel

Imagem
Reproduzo, a seguir, a carta escrita por Adolfo Perez Esquivel (Nobel da Paz de 1980) a Barak Obama (Nobel da Paz de 2010).

Estimado Barack, ao dirigir-te esta carta o faço fraternalmente para, ao mesmo tempo, expressar-te a preocupação e indignação de ver como a destruição e a morte semeada em vários países, em nome da “liberdade e da democracia”, duas palavras prostituídas e esvaziadas de conteúdo, termina justificando o assassinato e é festejada como se tratasse de um acontecimento desportivo.

Indignação pela atitude de setores da população dos Estados Unidos, de chefes de Estado europeus e de outros países que saíram a apoiar o assassinato de Bin Laden, ordenado por teu governo e tua complacência em nome de uma suposta justiça. Não procuraram detê-lo e julgá-lo pelos crimes supostamente cometidos, o que gera maior dúvida: o objetivo foi assassiná-lo.

Os mortos não falam e o medo do justiçado, que poderia dizer coisas inconvenientes para os EUA, resultou no assassinato e na tentativa …

Dramático final para Gunter Sachs

Imagem
O Playboy ao lado de Brigitte Bardot e, acima, já em idade avançada.

Para os mais jovens, o nome de Gunter Sachs não tem nenhum significado. Não que tenha um significado especial para mim, mas ele marcou a minha juventude. Ele estava em todas as revistas e jornais dos anos 60 e 70. O empresário alemão, rico e charmoso, vivia rodeado de belas mulheres e jogava dinheiro pela janela. Era figura carimbada do jetset europeu. Entre outras proezas do playboy, ele desfilava com ninguém menos que Brigitte Bardot a tiracolo. Havia se casado com a maior estrela do cinema internacional da época, a deusa loira, a mulher que habitava os sonhos mais deslumbrantes da maioria dos homens do planeta à época. Enquanto sua família enchia a conta bancária, ele era galanteador, socialite, bon vivant, fotógrafo e famoso colecionador de arte. E mulherengo. Principalmente, mulherengo. O casamento com Bardot durou pouco. Enquanto ele desfilava seu cobiçado diamante loiro, não perdia a oportunidade de um galante…

Somos todos reféns do petróleo

Imagem
O petróleo é o grande vilão ambiental. Ele e todos os seus derivados, que são tantos que não tenho certeza de conseguir enumerar ao menos a metade deles. Vivemos em plena era do petróleo, e somos tão dependentes dele que hoje absolutamente tudo o que manuseamos no nosso dia a dia tem a implacável presença do óleo negro que nos veio de herança de eras jurássicas. Tudo estava lá, soterrado, no fundo do planeta, e nós trouxemos à tona, à luz do dia, para o meio do mundo atual, a sobra de um mundo que mal sabemos como foi.

Atrás dele vamos cada vez mais fundo no planeta. Por causa dele vamos à guerra. Em nome dele construímos a nossa civilização. E a nossa civilização não sobrevive sem ele. Por mais que falemos em energias alternativas, o petróleo é tudo, está em tudo e nada lhe escapa. A humanidade é refém incontornável do óleo negro das profundezas. Sabemos o mal que ele causa, mas não sabemos mais viver sem ele. Como saúvas desesperadas, depois de cortarem todas as folhas do entorno do…

Solução sem tiros

Imagem
O capitão Nascimento, herói do cinema brasileiro promovido a coronel em “Tropa de Elite 2”, será uma das estrelas da campanha do desarmamento, que começa hoje em todo o País. Nascimento, interpretado pelo ator Wagner Moura, emprestou a voz ao vídeo da campanha, de 30 segundos, que será divulgado nas emissoras de rádio e televisão. A coleta de armas se estenderá até 31 de dezembro e o governo vai pagar de R$ 100 a 300 por arma devolvida, conforme o calibre.

O filme usa imagens da campanha de 2009, que mostra a trajetória de uma bala perdida, passando de raspão ao lado de crianças que brincam num parque, populares nas ruas. Moura dirá, com a firmeza de comando de seu personagem, que “não é à bala que se resolvem as coisas”. O slogan da campanha é “Tire uma arma do futuro do Brasil”.

A campanha, a terceira desde 2004, foi lançada hoje, em solenidade na Prefeitura do Rio, pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o governador do Estado, Sérgio Cabral, e o prefeito Eduardo Paes, além d…

Ressaca legal

Imagem
Alguns dias depois do assassinato de Osama Bin Laden, o mais mítico e procurado terrorista do planeta, a euforia inicial vai dando lugar a uma ressaca legal. Várias personalidades, das quais se esperava uma posição mais sóbria, andaram escorregando no perigoso terreno da alegria temerária do sucesso da vingança; entre elas Angela Merkel e o próprio Papa Bento XVI. Ambos manifestaram estar contentes com o sucesso da caçada. E não foram somente eles...

O fato é que, nos bastidores, todo mundo sabe que os EUA ultrapassaram os limites, mas ninguém tem coragem de dizer isso abertamente. Os americanos podem até argumentar, com sua velha retórica de guerra, que estavam agindo em legítima defesa. Mas a crua realidade é que eles infringiram claramente o direito internacional.

Por invadirem um país estrangeiro sem autorização deste; por executarem um ataque militar num país com o qual não estavam oficialmente em guerra; por executarem a sangue frio um cidadão que, segundo as leis internacionais …

Sombra conscientizadora

Imagem
A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma das muitas entidades que querem reduzir o desmatamento da floresta amazônica. Uma das formas de envolver mais gente nessa luta, para a FAZ é a divulgação regular de campanhas de sensibilização e a realização de ações conjuntas com o Poder Público.

A mais recente campanha da entidade inovou na forma de chamar a atenção para a destruição da floresta sem apelar para a tradicional forma de culpar as pessoas e a sociedade por isso. Em vez disso, a FAZ aborda o tema apontando para uma das necessidades bem reais dos habitantes das principais cidades brasileiras: a sombra.

Foram selecionados alguns troncos de árvores no centro de São Paulo que haviam sido cortadas. A árvore não está mais lá, porém, adesivada no chão, ela continua projetando a sua sombra, imaginária. Dentro da sombra colada no chão, a mensagem que ressalta a luta da associação: “Todos gostam de sombra. Mas poucos cuidam das árvores.” Gênio!

Uma montagem grosseira?

Imagem
O Fotoshop teria morto Bin Laden? Esta informação está ofuscando a festa nos EUA neste momento, poucas horas depois do anúncio da morte do terrorista mais procurado e odiado do mundo. Enquanto os americanos vão às ruas para festejar a sua vingança, dez anos depois das atrocidades de 11 de setembro de 2001, esta grotesca montagem fotográfica, feita há mais de seis meses, está sendo usada para divulgar a morte de Bin Laden. Barak Obama vai ter que fazer bem mais do que um discurso vitorioso. Ele vai ter que aparecer com o cadáver da sua presa. Senão, a sua alegria vai durar menos do que um simples sorriso de canto de boca.

Discurso correto, prática equivocada

Imagem
Na sua tradicional mensagem de Páscoa – que tem o nome de Urbi et Orbi, À cidade (de Roma) e ao mundo –, o Papa deixou uma palavra de esperança às “comunidades que estão sofrendo uma hora de paixão, para que o Cristo ressuscitado lhes abra o caminho da liberdade, da justiça e da paz”.

Bento XVI referiu-se aos milhões de refugiados que saem de “diversos países africanos e se vêem forçados a deixar os afetos dos seus entes mais queridos” e apelou à “solidariedade de todos”, ou seja, da Europa, no acolhimento aos refugiados. O papa alertou em sua homilia para as “situações dolorosas” que atingem a humanidade, em especial a “miséria, fome, doenças, guerras e violências”, desejando soluções de justiça e de paz para as mesmas.

No mesmo dia do pronunciamento do Papa, a polícia do Vaticano queria expulsar 150 ciganos romenos que se instalaram na Basílica de São Paulo Extramuros, que é território do Estado do Vaticano. Eles haviam sido desalojados de um acampamento ilegal em Roma, que foi desma…