Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Dia D adiado

o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) conseguiu, sozinho, adiar a aprovação da proposta, ao impedir a votação do requerimento de urgência para a apreciação do Código Florestal em plenário, previsto para o dia de hoje (leia atentamente o texto abaixo). A votação poderá ser adiada para a próxima quinta-feira ou somente na semana que vem. Isso dá mais tempo para que a sociedade se articule e tente evitar que este "retrocesso na legislação ambiental brasileira" (Randolfe) seja aprovado. Também dá mais tempo à Direção da IECLB para, se quiser, possa produzir um texto de apoio aos movimentos sociais que defendem nossas florestas e de repúdio ao código.

O Dia D do Código Florestal

Imagem
Ato em Defesa das Florestas - Foto: Antonio Cruz/ABr

O Ato em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável, que ocorreu ontem em frente ao Palácio do Planalto em Brasília, é a tentativa derradeira de colocar algum juízo ambiental na cabeça dos nossos governantes. O novo Código Florestal, que é uma colcha de retalhos que procurou agradar a todos os interesses e já não defende mais os nossos biomas, deverá ir à votação no plenário do Senado Federal nesta quarta-feira (30).

O objetivo principal do ato foi de alertar a presidenta Dilma e tentar levá-la ao veto presidencial. O movimento que promoveu o ato tem um milhão e 500 mil assinaturas contra as alterações feitas no texto da PL 30/2010 e que a transformaram num Frankenstein, num arremedo de código, que abre caminho para continuar derrubando as nossas florestas em nome do progresso. Essas assinaturas foram colhidas nos últimos quatro meses.

O Ato em Defesa das Florestas reuniu movimentos sociais, estudantes, artistas, formado…

Papai Noel está morto

Imagem
Noel acaba de ser encontrado sem vida, com um fio de Nylon em volta do pescoço, pendurado num galho de pinheiro. A polícia está investigando o caso, mas as evidências apontam para suicídio.

O símbolo máximo do Natal já vinha dando sinais de estresse e depressão há anos. Ele não se conformava com o papel que lhe haviam reservado, apesar de ter insistido sem descanso em apontar para os anjos, a manjedoura, José e Maria, o menino na palha e os pastores no campo. Ele não queria ser o principal motivo. Sempre havia sido um coadjuvante. Por que insistiam em colocá-lo no centro de tudo?

Todo aquele consumismo também o incomodava profundamente. O calor infernal, apesar do ar condicionado do shopping ligado no máximo, aquela roupa vermelha insana de inverno em pleno verão, aquela barba importuna e mal-colada...

Ele não suportava mais aquelas enormes filas diante de si, em que pequenos ditadores –que ele tinha que tratar como criancinhas – disputavam espaço a tapa para puxar a sua barba e tes…

Advento é um tempo de espera

Imagem
Passamos metade da nossa vida esperando. Crianças esperam crescer, ir para a escola, virar grande que nem o pai... Adolescentes esperam que o tempo passe bem rápido, para que os adultos deixem de ter o comando sobre suas vidas, que querem desesperadamente tomar nas próprias mãos. Quando adultos, esperamos pela pessoa que iremos amar por toda a vida, por um emprego melhor, por melhores condições de vida, pela compra do primeiro carro, pela quitação da casa própria, pela troca do carro por um modelo novo...

Quem viaja, espera na rodoviária, no aeroporto ou no cais do porto. Quem está apaixonado, espera pela pessoa amada, o tempo que for necessário, com toda a paciência. O paciente na sala-de-espera, que já tem este nome justamente porque é o lugar em que se espera, mesmo se contorcendo de dor, pela chegada do atendimento médico. A criança espera na fila do brinquedo do parque até que chegue a sua vez. A aluna espera pela prova corrigida com uma ansiedade incomparável, para saber a not…

Reuniões que não melhoram o clima

Imagem
A Convenção Marco das Nações Unidas sobre Câmbio Climático, cujas reuniões oficiais acontecerão de 28 de novembro a 9 de dezembro em Durban, na África do Sul, reacende uma preocupação central acerca do futuro do Protocolo de Kyoto. Os países mais ricos já disseram que é impossível chegar a um acordo sobre o mesmo.

Um claro sinal de que em Durban também não vai haver acordo sobre um novo compromisso vinculante para a redução de emissões de gases de efeito estufa foi dado no Fórum das Grandes Economias, que reúne 17 dos maiores emissores do mundo e outros países chave, e que terminou no dia 18 de novembro em Virginia, Estados Unidos. Ali os países mais ricos reconheceram que não será possível alcançar um novo acordo climático global antes do 2016. E caso se consiga nesta data, não poderia entrar em vigor antes de 2020.

Os EUA e os países ricos insistem em "reduções voluntárias”, o que quer dizer não assumir compromissos, especialmente de ser os maiores responsáveis pelo câmbio cli…

O gênio irrequieto do rock

Imagem
Em 24 de novembro de 1991 morria de forma trágica, quase desaparecendo no fundo de uma cama, o mais polêmico, carismático e atentado cantor de rock de todos os tempos. Nascido em Zanzibar, numa família persa, no dia 5 de setembro de 1946, com o nome de Farroch Bulsara, pouca gente sabe dessa origem. Mas o planeta inteiro ainda hoje sabe associar essa figura ao nome artístico que adotou: Freddie Mercury. Junto com o baterista Roger Taylor e o guitarrista e hoje astrofísico Brian May, ele fundou o Queen, ao qual se integraria um ano mais tarde o baixista John Deacon.


O sucesso do grupo foi meteórico e, por 20 anos, dominou o cenário roqueiro mundial com sua genialidade. Freddie e seu Queen são os criadores da ópera rock, na qual os instrumentos eletrônicos recriavam arranjos antes somente vistos nas grandes óperas, com a genialidade absoluta dos arranjos e a voz única e até hoje jamais substituída ou sequer imitada do vocalista e arranjador principal do Queen: o próprio Freddie Mercur…

O lado moleque da humanidade

Imagem
A mancha de óleo na Bacia de Campos, que vazou do Campo do Frade

O petróleo é mesmo uma merda! Essa história muito mal-contada e, sobretudo, mal-resolvida do vazamento no Campo do Frade, envolvendo a Xevron, é só mais um capítulo da sórdida novela porca do óleo negro que emporcalha o planeta há mais de um século. No último milésimo de segundo da história deste planeta de 4 bilhões e 500 milhões de anos, a maior praga que jamais passou pela Terra e que somos nós conseguiu deixar pegadas que se fixam no DNA do planeta.

Além da inacreditável sequência de mentiras e de descaso da imprensa em torno do desastre que afeta toda a vida no nosso mar territorial, ainda noticiaram com um alarde de quem diz “está tudo resolvido”: “O tamanho da mancha de óleo reduziu para dois quilômetros!”

Sabe, isso tudo me lembra os moleques. Aqueles que vão chegando na sua casa e entrando nos quartos, abrindo as portas dos armários, as gavetas, as caixas, tudo. Normalmente, movidos por sua insaciável e incontro…

Imitamos até os problemas deles

Imagem
No dia 9 de agosto de 1968, a revista americana “Life” saiu com esta foto na capa. Ela não representa uma orgulhosa companhia aérea americana apresentando toda a sua frota. Ao contrário, mostra um gigantesco congestionamento no aeroporto La Guardia, em Nova York.

A foto foi tirada numa das muitas “Sextas-feiras Negras” da aviação norte-americana na época, que enfrentava a situação caótica de inúmeros vôos atrasados, e foi descrita pela revista numa ampla reportagem de capa naquela edição. O caos reinava não só naquele aeroporto nova-iorquino, mas em todo o espaço aéreo dos EUA e era fruto direto do crescimento daquele país.

É engraçado como o mundo dá voltas. A popularização dos vôos e a ascensão social das classes C e D causaram exatamente o mesmo fenômeno nos EUA, há 45 anos, que está causando no Brasil de hoje. Eis que, num ritmo inédito de crescimento, o Brasil embarca num caos parecido em pleno século 21. Será mera coincidência ou simples conseqüência do crescimento desordenado…

Morre Danielle Mitterrand

Imagem
A viúva do ex-presidente francês François Mitterrand, morreu nesta madrugada aos 87 anos no hospital Georges-Pompidou, em Paris, onde estava internada desde a última sexta-feira em coma induzido. A mulher, uma das referências internacionais da esquerda e da luta pelos direitos humanos, durante a presidência de seu marido sempre foi uma primeira dama atípica, que não gostava do protocolo e mostrava publicamente seu apoio aos movimentos socialistas da Nicarágua, de Cuba, da Bolívia e do Curdistão.

Já como jovem, aos 17 anos, Danielle juntou-se à resistencia francesa contra a ocupação nazista e foi dessa forma que conheceu aquele que posteriormente seria seu marido, François, que se escondeu da Gestapo na casa de seus pais. O casal casou-se em 1944 e teve três filhos, um dos quais morreu ainda pequeno.

Sempre fiel a seus ideais de esquerda através da fundação France-Libertés, que criou em 1986, participou ativamente em diversos projetos ao redor do mundo. “Minha condição de esposa do pr…

Moby Dick existiu de verdade

Imagem
No dia 20 de novembro de 1820, a cerca de 3.700 quilômetros da costa do Chile, um cachalote anormalmente grande destruiu o navio baleeiro Essex (de Massachusetts, EUA). O jovem Thomas Nickerson, de apenas 14 anos, estava a bordo do “Essex” e escreveu um relato sobre o ataque, incluindo este desenho, contando também sobre os três meses de sobrevivência em alto mar que se seguiram à destruição do navio.

Este é o episódio real que inspirou o romance “Moby Dick”, publicado em 1851 por Herman Melville. A obra de Melville tornou-se um dos maiores clássicos da literatura mundial; uma verdadeira obra prima. “Moby Dick” é uma extraordinária metáfora da condição humana. Na longa viagem do navio “Pequod”, a tripulação está interessada em enriquecer rapidamente, enquanto o capitão Ahab está obcecado em capturar o “monstro”. No centro de tudo está o absurdo das ambições humanas.

Reação intempestiva do Vaticano

Imagem
Eis a reação que já era esperada pelos marqueteiros da Benetton. Com a atitude intempestiva de Roma, fica mais uma mancha desnecessária na já combalida fama de uma instituição que teima em não atualizar a mensagem viva do Evangelho, tornando-o refém de uma tradição que visa preservar poder (que já não existe extra-muros do Vaticano). Pena. Podiam ter levado esta história para o lado positivo, granjeando maior respeito e admiração. Imagino que uma boa reação teria sido agradecer pela sugestão do "ósculo santo", que até a Bíblia defende como um bom caminho para a conciliação e a paz. Preferiram ver uma agressão que não existe em imagens extremamente sugestivas. Todos os outros "atingidos" pela campanha preferiram silenciar. Talvez porque perceberam que a ideia dos marqueteiros da Benetton não é ruim... Veja o texto do jornalista Antônio Carlos Ribeiro sobre isso, abaixo.

"A decisão imediata da Santa Sé de processar a Benetton por causa da foto do papa beijando …

Acessibilidade garantida

Imagem
Para a IECLB, igreja pioneira na luta pela inclusão e que tem dado um belo exemplo, o dia 17 de novembro deve ser registrado como histórico. A presidenta Dilma Rousseff assinou o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência-PD, chamado de “Viver sem Limite”. Com o objetivo de promover inclusão social das PD, o governo pretende investir 7,6 bilhões em prevenção, profissio¬nali¬za¬ção e autonomia para essa gente, vítima histórica de exclusão e preconceito.

Romário, criticado quando era jogador e agora como deputado federal, tem surpreendido na luta pela causa das PD. Ele tem uma filha com Síndrome de Down, com o lindo nome de Ivy, e participou da cerimônia de lançamento do Plano inédito do Governo Federal, para cuja implantação ele também contribuiu.

Eliminar barreiras e permitir o acesso a bens e serviços disponíveis a toda a população são os principais objetivos. Com metas a serem cumpridas até 2014, as ações serão executadas em conjunto por 15 órgãos do Governo Federal, sob…

Na hora do jogo, pode dizer qualquer coisa sem consequências?

Imagem
Suárez foi acusado formalmente de ofender Evra com declarações racistas.
Foto: AgNews/AP

Não é de hoje que o futebol inglês tem sido palco de manifestações racistas. Os petardos vêm da torcida dos times, mas também afloram em campo, em meio ao calor e à excitação dos jogos. O zagueiro John Terry e o atacante Luis Suarez são dois jogadores envolvidos em acusações formais desse tipo de comportamento.

Para o presidente da FIFA, Joseph Blatter, entretanto, esse tipo de acusação é conversa. Ele não acredita que os atletas acusados tenham de fato ofendido seus adversários dessa maneira. Por conta de suas declarações, os jogadores negros fizeram duras críticas ao cartola-mor do futebol mundial. Ele disse que resolveria esses casos com um simples aperto de mão entre os atletas.

Ontem (16 de novembro) o atacante uruguaio Suárez foi acusado formalmente pela Federação Inglesa de Futebol por ter dirigido xingamentos de conteúdo racista ao lateral esquerdo do Manchester United, Patrice Evra. O ca…

Beijos contra o ódio

Imagem
A nova campanha “United Colors of Benetton” com o mote “UNHATE” (não ódio), foi apresentada oficialmente no início da tarde desta quarta-feira por Alessandro Benetton, vice-presidente do Benetton Group, em Paris.


A campanha mostra personalidades da política internacional, que tradicionalmente estão em papéis antagônicos, se beijando na boca. A foto do Papa beijando na boca um imã no Cairo causou revolta entre os fieis das duas maiores religiões do planeta. Em vista da hostilidade dos fieis, a campanha foi retirada do ar em seguida.


“Lembramos que o sentido desta campanha é exclusivamente combater a cultura do ódio sob todas as formas”, comentou em comunicado um porta-voz da Benetton sobre as fotomontagens. Elas mostram beijos calorosos, além da contestada foto com os dois líderes religiosos, entre Nicolas Sarkozy e Angela Merkel, Mahmud Abbas e Benjamin Netanyahu, Barack Obama e o presidente chinês Hu Jintao, o mesmo Obama e Hugo Chávez, e os presidentes das duas Coréias.

No bolso não!

Imagem
É engraçado este mundo em que vivemos, que é movido pelo capital. Pode-se mexer em todos os valores, menos naquele que faz mover a economia. Pode-se por a mão em tudo, menos no bolso.

Veja a era Berlusconi, por exemplo. Silvio mexeu em tudo, derrubou todos os preceitos de honradez e respeito. A sua governança foi uma sucessão de escândalos que poucas vezes se assistiu na Itália. Até de fascista ele brincou, e nada lhe aconteceu. Abuso de menores, safadezas de toda ordem e uma cara de pau que por aqui só se viu estampada no Maluf em termos de transformar a coisa pública numa trincheira particular... Nada mexeu nele. O crime que todos cobraram dele, inclusive seus pares de partido, foi a incapacidade de resolver a crise de grana da Itália. Se Silvio tivesse resolvido isso, continuaria firme e forte no seu amado posto de primeiro ministro.

Infelizmente, Berlusconi é apenas uma metáfora para o mundo inteiro. Tudo é permitido, desde que o bolso não seja afetado.

Pinheiro ameaçado

Uma questão ambiental séria, que nos atinge diretamente aqui, na região Sul do Brasil. A narração deste documentário foi feita por Gian Francisco Guarnieri, seu ultimo trabalho em vida. As imagens são do documentarista Haroldo Palo Junior. Concepção, criação e montagem de Eloi Zanetti.

Por uma nova mentalidade

Imagem
O misto de festival de rock e acampamento de jovens que está ocorrendo de ontem a amanhã em Paulínia (SP) tem mais em mente do que só curtir música. Quer envolver os jovens no debate e na postura mais sustentável em relação ao planeta que habitamos. Muitos convidados especiais, além de cantar, estão se manifestando. Martina Silva e diversos outros ambientalistas, bem como gente famosa, como a atriz Daryl Hannah. O embalo da música é o combustível do Fórum Global de Sustentabilidade, que acontece dentro do Festival SWU.

Daryl Hannah, atriz famosa de Hollywood e ativista ambiental radical, que mora numa fazenda em que colhe seu próprio sustento e sem usar nenhum tipo de veneno, participou do SWU com excelentes pitacos para o debate do tema “Desenvolvendo novas possibilidades: iniciativas transformadoras”.

Outras presenças que falam a voz ambiental foram Manoel Cunha, do Conselho Nacional dos Seringueiros, Virgílio Viana, da Fundação Amazônia Sustentável, Cristian Del Campo, da fundaç…

Borboletas de Zagorsk

(Grã-Bretanha, 1992, 60 min - Produção: Michael Dean)

Borboletas de Zagorsk é um documentário produzido pela BBC em 1992 que trata do trabalho desenvolvido em uma escola russa com crianças surdas e cegas inspirado nos estudos de Lev Vygotsky. A obra tem 60 minutos de duração e se passa na cidade de Zagorsk, a 80 km de Moscou. (Fonte: wikipédia)

Os estudos sobre a defectologia, presentes na teoria de Vygotski enfatizam que as pessoas com deficiência, através de mecanismos compensatórios, passam a utilizar seus sentidos normais para substituir seus sentidos perdidos.

Neste sentido, o documentário reforça a importância da mediação e a crença de que todas as pessoas, independente da idade e da condição física ou intelectual, são capazes de aprender. Concepção esta também retratada na teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural do educador Romeno Reuven Feuerstein. Com a conhecida frase: "Não me aceite como eu sou", Feuerstein desafia o educador a planejar e propor ações que …

A mais terrível das noites

Imagem
A “Noite dos Cristais” (Kristallnacht), na passagem de 9 para 10 de novembro de 1938, deu início à terrível história do holocausto que exterminou seis milhões de judeus na Alemanha e em toda a Europa. Até o final da guerra, em 1945, representou uma das mais sádicas e inacreditáveis histórias de xenofobia e ódio racial que a realidade foi capaz de procuzir e nenhum escritor até então, por mais imaginativo que fosse, foi capaz de antecipar. Durante a Noite dos Cristais, multidões inteiras saíram às ruas para quebrar e incendiar tudo o que lembrasse a existência dos judeus: sinagogas, comércios, indústrias, bancos e casas particulares. Tudo foi destruído pelo fogo e os quebra-quebras, alimentados pelo combustível explosivo do ódio. Foi o maior pogrom de que se tem notícia, essa prática que já vem da idade média, em que se fazia arrastões para expulsar judeus ou outros indesejados.


Logo em seguida a esta terrível noite, estarrecidos e sem nenhuma proteção, sem qualquer protesto ou mesmo …

Folclore para vencer a xenofobia

Imagem
Uma experiência enriquecedora e surpreendente foi a nossa reunião de pauta da revista Novolhar, ontem em São Leopoldo. Estiveram conosco duas jovens empreendedoras de Nova Petrópolis, Carla Ferreira e Cândida Maldander, da Secretaria de Educação e Cultura dessa cidade da região serrana próxima de Gramado. A tarefa dessas duas batalhadoras é organizar o Festival Internacional do Folclore de Nova Pretópolis.

Quando se fala em folclore, tem-se em mente aquelas danças típicas, cirandas, lendas regionais e a cultura que marca o passado, relembrando os nossos antepassados. Geralmente, nos remete para tempos antigos, que se quer reviver. De fato, muitas vezes isso tem sido assim. Mas quando se quer fazer mais às vezes isso é difícil. Como diz a própria Cândida, do orçamento do município o que sobra vai para a cultura. A tarefa, para quem organiza um evento grandioso como esse de Nova Petrópolis, é como a luta de Dom Quixote contra os moinhos de vento.

Entretanto, mesmo com um orçamento redu…

Reprovados na doutrina

Essa é para o final de semana. Um humorístico de um canal de TV italiano andou pelas ruas de Roma entrevistando padres de diferentes nacionalidades sobre os dez mandamentos. O resultado é um vídeo inacreditável sobre dezenas de sacerdotes que não foram capazes de recitar à queima-roupa os mandamentos pedidos pela repórter. Quanto mais tentavam lembrar, mais confusão faziam e pior ficava a sua imagem diante das câmeras. Pior do que não sabê-los foram as desculpas que apresentaram para explicar o seu desconhecimento. Há até pessoas na rua que tentam ajudar os padres a recordar. Veja com os seus próprios olhos aqui.

Cabra marcado para morrer

Imagem
O deputado Marcelo Freixo está na Europa com a mulher. Não foi passear. Viajou a convite da Anistia Internacional. Ameaçado de morte nada menos do que sete vezes durante o mês de outubro, ele foi preservar a sua integridade física; a própria vida.

O motivo das ameaças é a sua luta por justiça contra as milícias que assassinam gente às pencas no Rio de Janeiro, integradas por policiais militares e outras pessoas interessadas em justiciamento. Instauraram o clima de terror no Rio e qualquer pessoa que se colocar no caminho será sumariamente eliminado, não sem muitas ameaças antes, para deixar bem claro quem é que manda. O pior é que isso não está acontecendo só no Rio.

Mas, pasmem, além de não fazer nada para proteger Freixo das ameaças de morte, deixando-o com o problema como se fosse uma questão pessoal, de foro íntimo, espalharam por aí que Freixo foi com a mulher para a Europa fazendo estardalhaço sobre as ameaças, tudo para tirar proveito eleitoral da viagem.

Ele foi a convite da…

Caçado com boa razão

Imagem
Cresci como filho
de gente rica. Meus pais deram-me
uma gravata e me educaram
nos hábitos de ser servido.
Ensinaram-me também a arte de mandar.
Mas quando cresci e olhei em volta
não gostei da gente de minha classe,
nem de mandar nem de ser servido.
E deixei a minha classe,
indo viver com os deserdados.
Deste modo, criaram um traidor.
Ensinaram-lhe as suas artes,
e ele passou
para o lado dos inimigos.
Sim. Eu revelo segredos.
Estou no meio do povo e relato
como eles o enganam.
Prevejo o que virá,
pois estou a par de seus planos.
O latim dos padres venais
traduzo palavra por palavra
na linguagem comum.
Assim todos vêem os seus disparates. Pego
nas mãos a balança da justiça
e mostro os falsos pesos. Os espiões
me delatam, revelando que estou
ao lado das vítimas
quando se dispõem a atacá-las.
Eles me advertiram e me tomaram
o que tinha ganho com meu trabalho.
E como não melhorei,
começaram a caçar-me.
Mas em minha casa só encontraram escritos
que denunciavam …

História real dos turcos na Alemanha

Imagem
Operários turcos na mina Neu Monopol, em Unna-Alemanha

Tem muita gente que, sem conhecer o fator que originou a realidade em que vive, comete injustiças e equívocos em seu julgamento sobre pessoas e situações. Um caso típico desses é a realidade crescente de discriminação e xenofobia na Europa de hoje, especificamente na Alemanha. Muitos pensam, por exemplo, que os turcos promoveram uma verdadeira invasão da Alemanha em busca das benesses do desenvolvimento e da riqueza daquele país. Por isso, hoje são condenados por reinvindicarem espaço, direitos e mais igualdade nas comunidades em que vivem, muitas vezes já sendo até netos dos imigrantes turcos de outrora e, portanto, cidadãos alemães plenos. São condenados por uma parcela significativa da sociedade alemã, que os julga como invasores.

Para quem não sabe a origem da comunidade turca na Alemanha, tudo começou no dia 30 de outubro de 1961, data a partir da qual foi assinado um “Acordo de Recrutamento” com o governo da Turquia, com o o…

As mulheres alimentam o mundo

Imagem
Segundo a Actionaid, o número de famintos no mundo deverá ultrapassar a marca de um bilhão de pessoas ao redor do final desse ano. As mulheres agricultoras são uma parte vital da solução dessa crise, como nunca antes. Elas são as principais responsáveis pela produção de alimentos por meio da agricultura familiar em pequenas propriedades ao redor do planeta.

A agricultura em escala reduzida produz a metade de todos os alimentos consumidos no mundo. A maior parte dos produtores é constituída de mulheres, que têm papel fundamental na alimentação de comunidades rurais e de nações inteiras. Ao mesmo tempo, entretanto, também são essas mesmas mulheres as mais prováveis candidatas a passar fome.

O principal motivo é que as políticas agrícolas muitas vezes negligenciam as suas necessidades e estão cegas aos obstáculos que elas enfrentam na produção dos alimentos. Se essas mulheres agricultoras tivessem maior acesso a treinamento, tecnologia, financiamentos e mercados para comercializar seus…

Crianças são as mais vulneráveis

Imagem
A Organização das Nações Unidas estima que o mundo abrigue 100 milhões de crianças que vivem ou trabalham nas ruas. Esse contingente constitui um dos grupos mais vulneráveis a abusos de direitos. “Seu mundo é um mundo de desesperança, estigma, discriminação, indigência, pobreza e violência”, disse Navi Pillay.

Pillay é a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos. O tema será objeto de consulta, que começa hoje, em Genebra. Essas crianças devem ter seus direitos fundamentais respeitados e protegidos pelos Estados e pela população adulta. Pillay entende que os governos não podem penalizar crianças que desempenham atividades para sobreviver, como pedir esmolas e vaguear.

Para o operador de redes internacionais para a defesa dos direitos da criança na América Latina e co-fundador do Observatório Selvas, Cristiano Morsolin, a violência social, nas suas mais diversas manifestações como conflito armado, criminalidade, violência institucional e de gênero, “é um dos problemas mais grave…