Postagens

Mostrando postagens de 2015

Aniversário de Lucy

Imagem
O Google avisa o mundo de que hoje é o aniversário de Lucy. Descoberta no dia 24 de novembro de 1974 no deserto de Afar, enquanto no acampamento dos antropólogos tocava "Lucy in the sky with diamonts" (Beatles), a fêmea de Australopithecus Afarensis de três milhões e duzentos mil anos voltava à vida para a ciência e o conhecimento da origem humana. Detalhe importante: ela era da Etiópia, um dos berços da humanidade e hoje um país miserável da África, que faz parte da triste lista dos países do mundo que experimentam fome extrema (Somália, Quênia, Etiópia, Sudão e outros). A imagem mostra o esqueleto descoberto e a provável aparência de Lucy, uma simpática mãe da humanidade. Seu corretivo dedo em riste nos adverte maternalmente: "O que vocês fizeram, meus filhos?".

Saudade / Sehnsucht / Heimweh

Imagem
Quando se fala em palavras do português que são intraduzíveis, todos logo lembram de "saudade" (Trilha sonora: "Saudade, palavra triste, quando se perde um grande amor..."). Os alemães adoram!  Mas o alemão também tem palavras intraduzíveis, de sentido específico. Para "saudade", eles têm duas palavras: "Heimweh" e "Sehnsucht". E, para mim, as duas são fortes.  A primeira quer dizer "dor de casa, da pátria, do lugar que amamos e consideramos nossolar"; uma dor difícil de descrever, mas dura de experimentar (Trilha sonora: "Heimatlos gibt´s viele auf der Welt; Heimatlos und einsam wie ich...). A segunda, "Sehnsucht", expressa "vontade de ver". É uma saudade das coisas ou pessoas amadas que estão longe e que faz tempo que não vemos. Mas sabemos que, a qualquer momento, podemos ir ao seu encontro e matar a vontade de ver (Trilha sonora: "Tô com saudade de você debaixo do meu cobertor"...).  Já &quo…

Um mar de lama, dois pesos e duas medidas

Imagem
Há um ano e dez meses, o segundo maior incêndio da história do Brasil matava 242 jovens e deixava mais de 600 feridos. Os donos da boate Kiss e a banda que fazia um show (com efeitos pirotécnicos) no palco foram presos no dia seguinte. Há incontáveis erros no processo, mas houve prisões. Agora a absurda irresponsabilidade ambiental de mineradoras, negligência do poder público e dos órgãos fiscalizadores são responsáveis pela maior tragédia ambiental do Brasil. A mineradora Samarco não soterrou apenas uma indefesa vila em Mariana. Não há somente dois mortos e uma dezena de desaparecidos. Um mar de lama real eliminou qualquer vestígio de vida e comprometeu por décadas o ecossistema de toda uma bacia hidrográfica mineira, e não haverá operação lava-jato capaz de limpar toda aquela sujeira. A natureza terá que se virar para eliminar toda aquela lambança. O rio doce, agora insalubre, que se vire para voltar a ser doce algum dia. Daqui há 50 anos talvez tenha um ou outro peixinho nadando ne…

Quando o Sol desaparece

Imagem
Dois meses sem sol começam a ter efeitos devastadores sobre as pessoas. Um incontrolável sentimento de melancolia começa a nos dominar. Segundo os estudiosos, a história do clima nos ajuda a entender. Em regiões de longos e escuros invernos, seguidos de primaveras e verões chuvosos e com o céu encoberto na maioria dos dias, populações inteiras são mais propensas à melancolia. Esse clima depressivo que domina todos é hoje descrito como SAD, Seasonal Affective Disorder, que aparece quando o sol desaparece, levando muitos a um exagerado sentimento de tristeza e até mesmo, em alguns lugares, aumentando inclusive o número de suicídios. Os sintomas agudos da SAD manifestam-se como problemas de sono, letargia, falta de apetite, depressão, problemas sociais, sentimentos de medo, perda da libido e mudanças repentinas de humor. Não é por acaso que muitos se queixam de baixa imunidade e do aparecimento de infecções. A luz e as trevas têm forte influência sobre a cultura e a religião. A própria B…

Justiçamento é justiça?

Imagem
Esta é uma pintura obviamente mórbida. É do pintor holandês Pieter Brueghel (1525-1569), com o título "O Triunfo da Morte". Num mar de caveiras espalhando o terror da morte, chama a atenção no horizonte uma floresta de forças e instrumentos de execução, que fazem menção a um tempo na história da Europa em que a pena de morte era um recurso fácil da justiça. No século 16, o aumento da criminalidade levou ao crescente endurecimento das leis, onde a tortura era mais corriqueira do que em qualquer outro período da história antes ou depois desse tempo e as execuções alcançaram números nunca registrados. Um viajante que chegasse, por volta de 1600, a qualquer das grandes cidades europeias, antes de chegar aos portões da cidade tinha que passar por um absurdo espetáculo de horror. Cadáveres de malfeitores e ladrões em putrefação estavam pendurados em forcas ao longo do caminho. O objetivo desse teatro macabro era intimidar potenciais malfeitores e passar a impressão de que uma orde…

Lições da história, quem as aprende?

Imagem
Datas de tragédias sempre evocam a necessidade de "não esquecer". A lembrança de genocídios têm a pretensão de repassar uma lição: "para que jamais se repitam". A dramática pergunta que fica é o da efetividade dessas lições. Aprendemos realmente com a história? Recordar ensina? Eu fico em dúvida. Faz 70 anos, por exemplo, que somos insistentemente relembrados das barbaridades do holocausto protagonizado pelos nazistas. Apesar disso, ele já se repetiu incontáveis vezes nessas poucas décadas do pós-guerra. Alguns poucos eventos para refrescar a nossa memória. O genocídio cambojano levado a cabo por Pol Pot e seu regime do khmer vermelho (1975/79) executou 2 milhões de pessoas. O apartheid na África do Sul (1948/94), regime racista da minoria branca contra a maioria negra, que nos legou a impressionante lição de Nelson Mandela sobre igualdade racial e prática do perdão, mas que não aprendemos, nem lá, nem aqui. O genocídio de Ruanda (1994), no qual extremistas hutus e…

A Revolução Francesa e o Clima

Imagem
Um exemplo interessante da ligação entre o clima e a história vem da Revolução Francesa. A queda da Bastilha em 1789 tem muitos fatores de longo e de curto prazo, de ordem política, cultural, econômica e social. Mas não foi somente uma população cansada do feudalismo que decidiu livrar-se de seus opressores.
Um desses fatores foi o crescimento populacional em mais de dez por cento nos últimos 20 anos antes da revolução. Desde 1770 a agricultura não dava conta de produzir o que era consumido, além de ser tecnicamente atrasada. A armazenagem era precária e insuficiente, a irrigação ruim, o modo de plantio ultrapassado, o trabalho de plantar, colher e beneficiar era todo manual e os agricultores não aceitavam novas técnicas.
Com isso, obviamente as colheitas eram escassas e não havia estoques, abrindo graves brechas na economia para problemas em caso de insucesso numa colheita ou tragédias meteorológicas. Uma enorme cratera começou a abrir-se com uma crise de fome em 1770 que atingiu t…

El Niño

Imagem
Quem ainda não ouviu falar dele no Vale do Itajaí? "El Niño" (do espanhol "O Menino" e lê-se El Ninho) é o maior fenômeno climático natural que ocorre no nosso planeta. Tem este nome porque costuma ocorrer por volta do Natal, em média a cada sete anos, por isso a referência ao Menino Jesus. Pela bagunça celestial da última noite, estamos em pleno campeonato de bolão do El Niño.
O fenômeno ocorre bem longe daqui, na mudança da temperatura das águas do Oceano Pacífico, na Corrente de Humboldt. Isso muda a realidade de chuvas e secas em todo o Hemisfério Sul e parte do Hemisfério Norte do planeta. Afeta a América do Sul e Central, a África, a Ásia e a Oceania, provocando reviravoltas gigantes no clima nessas regiões. Chuvas e enchentes aqui no Sul e seca no Centro Oeste e no Sudeste estão na pauta.
Entretanto, tem vezes que ocorre um chamado Mega El Niño. Os últimos aconteceram em 1975/76 e em 1982/83 (este último de triste lembrança para o Vale do Itajaí). Nesses even…

Um bom termômetro do preconceito

Imagem
A venda de ingressos das Olimpíadas de 2016 vai de vento em popa. Já no início de agosto, 3 milhões de ingressos de um total de 7,5 milhões disponibilizados para o Brasil foram vendidos, segundo o Comitê Rio 2016. Hoje começa a segunda fase dessa venda, com cada ingresso sendo disputado a tapa. O mesmo não se repete em relação aos ingressos da Paralimpíada. Menos de 10% foram vendidos na primeira fase. Mesmo com os argumentos da matéria do Estadão, buscando explicações para a baixa procura, na minha opinião o preconceito transparece aqui. Estão perdendo a oportunidade de contato imediato de primeiro grau com incontáveis casos de superação e lições de vida! Além de superarem as limitações impostas pelas suas deficiências, os atletas paralímpicos ainda têm que superar o descaso, o preconceito e a falta de apoio da sociedade. Nenhum deles ganha o rio de dinheiro que os patrocinadores investem nos atletas considerados "normais".

Solidariedade seletiva?

Imagem
Algumas notas do Twitter, nesta terça-feira pela manhã, chamaram a minha atenção. Eles sugerem que a solidariedade aos refugiados deve ser seletiva, ou seja, somente alguns países e pessoas estão devidamente preparados para receber e atender essas pessoas. Para contextualizar minha argumentação, primeiro um histórico dos posts do pastor Ricardo Gondim, da Assembleia de Deus Bethesda, que vem dizendo com profundidade diaconal e teológica que a situação dos refugiados é nosso atestado de desumanidade e que é preciso fazer mais do que lamentar. É preciso agir. Gondim colocou a sua Igreja à disposição para receber refugiados. "Vocês são bem-vindos no Brasil", disse, abrindo as portas. Num post de hoje pela manhã, acompanhado de uma foto de uma família muçulmana, ele foi categórico: "Lamento informar, evangélico fundamentalista: considero essa família refugiada ao mesmo tempo brasileira e nossa irmã". Mas a opinião dos fundamentalistas religiosos sobre pessoas de religi…

Onde estarás, que não te ouvimos?

Imagem
Este homem é Khaled al-Asaad (82 anos). Segundo seus pares, ele é insubstituível. Arqueólogo-chefe das pesquisas em Palmyra há 50 anos, na Síria, ele foi barbaramente assassinado esta semana. O Estado Islâmico o enforcou, decapitou, e exibiu seu corpo mutilado ao público. Antes, eles o torturaram barbaramente. Queriam que ele revelasse o esconderijo dos tesouros arqueológicos sob sua guarda, que o EI comercializa num bem-sucedido mercado negro de relíquias arqueológicas.

O lucro desse mercado negro se transforma em armas, sustenta as milícias do EI, paga o terror absoluto em nome de Alá. Quem compra esses objetos cobiçados do passado? Europeus, americanos, gente do mundo inteiro, que não se detém um segundo para pensar no que a sua cobiça se converte.

Ah, sim, antes que eu esqueça, Palmyra é um dos mais importantes sítios arqueológicos da humanidade, cidade do império semita, fundada no século IV antes de Cristo. Este patrimônio histórico da humanidade está desde maio nas mãos do EI,…

Obama mostra que a África existe

Imagem
A respeitosa visita do presidente americano Barack Obama ao Quênia, terra de seus familiares, tem um significado que mal conseguimos avaliar aqui, do outro lado do Atlântico. Foi necessário que um descendente de quenianos, negro e herdeiro histórico da escravidão se tornasse presidente da mais poderosa nação do planeta para que se fizesse o gesto de perceber que a África existe. Obama mostrou que a África existe. E isso não é pouco, creiam! A propósito de sua visita, recorto um trecho de um livro terrível, mas que apresenta a dramática conta da passagem do cristianismo pela humanidade. É um trechinho apenas, mas que mostra porque a África é o que é, ainda hoje, graças sobretudo a incursões em busca de escravos, realizadas com a Cruz de Cristo impressa nas bandeiras e esculpida no metal dos cabos das espadas: “As contínuas incursões dos escravistas por quase trezentos anos destruíram a economia de vastas áreas da África, privando populações inteiras de sua melhor mão-de-obra, o que fez…

Início da era atômica completa 70 anos

Imagem
Há 70 anos, no dia 16 de julho de 1945, às 5h29min45s, no campo de testes de foguetes White Sands em Jornada del Muerto, vale do Novo México, iniciava a era atômica. Exatamente neste momento explodia a primeira bomba atômica, que tinha o nome de “The Gadget” (foto). Poucas semanas depois, uma bomba semelhante explodia sobre Nagasaki. Sua explosão abriu uma cratera de três metros de profundidade e 730 metros de diâmetro. O epicentroda explosão transformou a areia num vidro verde radioativo. A explosão levantou um cogumelo atômico de doze quilômetros e a onda de choque podia ser sentida a 160 quilômetros de distância, cuja explosão pôde ser ouvida a 320 quilômetros de distância. Ainda hoje, 70 anos depois, a radioatividade no campo onde foi feito o teste é dez vezes acima do normal. O diretor do projeto, Dr. J. Robert Oppenheimer, usou uma frase de um antigo escrito hindu, para descrever o que viu: “Eu me tornei a própria morte, o destruidor dos mundos”. Pela primeira vez na história, a…

Sobre Igrejas que se calam

Imagem
"Uma igreja que se pela de medo, evitando a qualquer custo aparecer à luz do dia como quem toma partido e que jamais se arisca a ser partidária, observe muito bem se não está irremediavelmente se comprometendo... com o diabo, todavia, que não conhece companheira melhor do que uma igreja que, em troca de preservar sua boa-fama e suas vestes limpinhas, permanece eternamente calada, eternamente meditativa, eternamente neutra; uma igreja que, por estar demais preocupada com a transcendência do Reino de Deus – na verdade, nem tão fácil de ser ameaçada –, transforma-se num cão que não late.
Karl Barth

Quem separa o joio do trigo?

Imagem
Jesus contou muitas parábolas fantásticas. Entre elas, há a parábola do joio e do trigo (Mateus 13.24-30), que conta sobre um homem que semeou boa semente, mas um inimigo encheu o seu campo de sementes de pragas. Os trabalhadores queriam arrancar as pragas ainda pequenas, mas o homem disse que eles iriam prejudicar também o trigo. "Quando tudo estiver maduro, os ceifeiros vão separar as pragas do trigo, juntar as pragas e queimá-las, mas o trigo juntarão no meu celeiro", disse ele. Ainda hoje tem gente apressadinha, separando o que consideram praga do que julgam ser o trigo. No mundo, cristãos hostilizam muçulmanos e fundamentalistas islâmicos incendeiam igrejas e matam seus "inimigos". Estão fazendo isso aqui no Brasil, todos os dias, quebrando santos, atacando terreiros de umbanda, hostilizando cristãos de outras confissões e condenando minorias ao inferno. Consideram que o trigo cresce somente no seu campo, enquanto as pragas estão no outro lado da cerca e preci…

Profecia e realidade

Imagem
Tenho uma admiração especial pelos profetas do Antigo Testamento. Segundo os teólogos, receberam uma missão especial de Deus, de alertar o povo desobediente sobre as consequências disso. É uma interpretação legítima, mas torna Deus uma espécie de vingador do futuro.

O que realmente admiro nesses profetas é a sua arguta capacidade de olhar para o momento histórico, para a realidade sócio-cultural e religiosa do povo em determinado momento e, com base nessa análise, puxar os registros e apontar as consequências. Eles eram os passageiros da história que, sem medo, puxavam o freio de mão. Como disse muito bem Dietrich Bonhoeffer, se atiravam nos raios da roda para parar a carroça. Muitos perderam a própria vida por isso, foram perseguidos e considerados traidores.

Longe de mim querer ser como os profetas bíblicos. Sou um reles cidadão assustado com o que está acontecendo. Mesmo assim, ouso profetizar. Faz parte da minha atribuição de anúncio e de denúncia. Quem mandou dizer "sim&quo…

Dia dos Namorados com Lutero e Catarina

Imagem
Quer um Dia dos Namorados melhor do que este? Começa hoje, dia 12 de junho, e vai até domingo, dia 14, uma festa muito especial na cidade alemã de Wittenberg. Pela 21ª vez uma grande festa popular lembra o casamento de Martim Lutero com Catarina von Bora. A festa reúne mais de 100 mil pessoas na cidade. Até casamentos de verdade são celebrados e também há um grande desfile de gente com trajes da época de Lutero. Martim e Catarina também desfilam pelas ruas de Wittenberg.
O reformador casou com a ex-monja Catarina no dia 13 de junho de 1525. A cerimônia foi no antigo Mosteiro dos Agostinianos, que Lutero recebeu de presente de casamento do príncipe e virou a residência da família Luther. Duas semanas depois, o casamento foi anunciado publicamente e houve a festa do casamento. Para muitos, o casamento de Martin e Catarina foi o ponto culminante da rebelião do ex-monge contra a igreja católica.
(As informações são do boletim digital da Comissão Interluterana de Literatura, um grupo dev t…

Os haitianos e a rejeição dos descendentes de imigrantes

Imagem
O colunista da Zero Hora, Tulio Milman, escreveu no último dia 23 de maio um texto certeiro sobre o comportamento do "Sul Maravilha", erguido sobre o sangue e o suor de imigrantes dos mais diferentes matizes, mas que agora discrimina os haitianos. Imigrantes discriminando e rejeitando imigrantes... Como neto e bisneto de imigrantes alemães, assino embaixo do texto de Milman. Se precisam de um argumento bíblico em defesa dos haitianos, então tomem este que segue. É o principal argumento de Javé (Deus do Antigo Testamento) em defesa dos estrangeiros em Israel. O povo de Deus também foi estrangeiro (e escravo!) no Egito: "NÃO MALTRATEM, NEM PERSIGAM UM ESTRANGEIRO QUE ESTIVER MORANDO NA TERRA DE VOCÊS. LEMBREM QUE VOCÊS FORAM ESTRANGEIROS NO EGITO" (Êxodo 22.21). Receber bem e dar oportunidade de trabalho e inserção aos haitianos é nosso dever moral, como filhos e netos de imigrantes. Muitos de nossos antepassados venderam tudo o que lhes restava por uma passagem rumo…

Cultura do estupro no Brasil

Imagem
Em 2013 o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), dentro de um questionário sobre vitimização no âmbito do Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), fez também algumas perguntas sobre violência sexual. A partir das respostas, estimou-se que a cada ano no Brasil 0,26% da população sofre violência sexual, o que indica que haja anualmente 527 mil tentativas ou casos de estupros consumados no país, dos quais 10% são reportados à polícia. Isso confere com os registros, que afirmam haver cerca de 50 mil casos de estupro por ano no Brasil. Agora veja isto: No ano passado, poucos dias depois da divulgação de atos de assédio sexual no metrô de São Paulo e da revelação da existência de uma página intitulada "Encoxadores", no Facebook, o Ipea divulgou dados de uma pesquisa sobre o estupro, segundo a qual 65% dos entrevistados (homens e mulheres) concordaram que mulher que exibe seu corpo, usando roupas curtas e/ou decotadas, "merece ser atacada". A partir do…

A crise humanitária de proporções planetárias

Imagem
O desespero leva as pessoas a toparem qualquer coisa. Quando a única perspectiva é um último fiapo de vida livre, lançam-se no abismo de uma possibilidade remota. Qualquer possibilidade. Sem pátria, sem lar, sem comida, sem roupa, sem eira nem beira... e você se joga nos primeiros braços que encontra abertos. E muitas vezes esses mesmos braços são mais traiçoeiros do que armadilha de caça na floresta. Quando se fecham, aprisionam, exploram, ferem mais ainda. A fome e o frio, a noite ao relento, ferem. Mas uma promessa que vira pesadelo, desmonta a própria alma. Torna-se ferida que jamais cicatriza. A promessa falsa que estimula esperança autêntica é pior que ter a escravidão como destino. Esta é a terrível sinuca de bico em que se metem diariamente milhares de refugiados em todo mundo. E peço desculpas por descrever isto tão superficialmente, confortavelmente sentado aqui, diante do meu computador, numa sala quentinha e seca, com cheiro de café fresquinho vindo da cafeteira fumegante. …

Dom Óscar Romero e os santos

Imagem
Óscar Arnulfo Romero Galdámez é um mártir de cristo na América Latina. Seu martírio foi precedido da condição de profeta. Ergueu sua voz para defender o povo de El Salvador da tirania dos poderosos. Tratou o povo simples como "pequeninos irmãos" e sua voz profética em defesa do povo ecoa até hoje através dos vales de lágrimas da injustiça que ainda corre solta pelo nosso continente. E fez a sua defesa incondicional dos pobres e do povo através dos instrumentos da não-violência ativa, sendo comparado a Mahatma Gandhi e Martin Luther King. Por ser profeta, por clamar contra a injustiça, por defender o povo injustiçado e oprimido em plena guerra civil salvadorenha, Dom Óscar Romero foi covardemente assassinado durante a missa, em San Salvador, no dia 24 de março de 1980. Foi arcebispo da capital salvadorenha por pouco mais de três anos. Dom Óscar Romero é um legítimo mártir da paz. Mas não daquela paz que não se envolve, que se retira das lutas e que se isola sem compromisso. O…

Tudo pela audiência

Imagem
Não, não! Não me refiro àquele programa engraçadinho do Multishow (que, aliás, faz tudo mesmo pela audiência, como abusar de pessoas fisicamente fora do nosso esquálido conceito de beleza, por exemplo). Falo é do velho Jornal Nacional, o JN.  Agora deram para tentar sair do jurássico padrão Repórter Esso, mais engessado que perna quebrada. Querem imitar o bem-sucedido Jornal Hoje na descontração e nos apresentadores desfilando por um mundo que mais parece ter saído de cenários da ficção de Hollywood. Mas não deu muito certo.  Bonner está muito mais para Heron Domingues (Repórter Esso). Por mais que se esforce, não tem a desenvoltura de um Evaristo Costa (Jornal Hoje); não para improvisar comentários sobre as notícias.  Veja a grande bobagem que Bonner fez na segunda à noite (Não assisti, porque faço parte dos 70% da não-audiência do JN). Por este caminho, vão perder mais um terço da audiência rapidinho.  Para terminar, dou um conselho de graça ao Bonner: Você quer recuperar a audiência do…

Na contramão energética

Imagem
O governo brasileiro decidiu seguir rumos opostos aos do resto do mundo no planejamento do futuro energético do país. O ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, anunciou, no dia 15 de abril, que está nos planos do ministério a construção de 12 novas usinas nucleares no Brasil até 2050. Enquanto Europa e Japão se distanciam dos altos riscos desse modelo energético, o Brasil parece ser o destino de velhas tecnologias rejeitadas por lá. Pior é que não aprendem com o que já temos. O Complexo Angra é um terror! Uma verdadeira bomba de efeito retardado. Conhecida como "usina vaga-lume", a usina nuclear de Angra dos Reis (na foto, Angra I) não funciona, vive com problemas e está construída sobre um terreno instável, que compromete a segurança de toda a região onde está construída. Angra ainda vai ser responsável pelas notícias que ninguém quer receber no Brasil, nem no resto do mundo. Não entendo essa estúpida insistência do governo nesse tipo de fonte energética. A Alemanha te…

As veias continuam abertas

Imagem
Hoje é o dia... Primeiro a notícia da morte de Günter Grass. Agora, o passamento do historiador e escritor uruguaio Eduardo Galeano (aos 74 anos). Ele que foi uma das referências das esquerdas latino-americanas, com sua espetacular obra "As Veias Abertas da América Latina", uma obra história fundamental para entender o passado e o presente de todos os países do Cone Sul. Todos devíamos ler este livro, uma obra em que a seca história ensinada no ensino fundamental e médio se torna viva, clara como cristal e, acima de tudo, reveladora. Graças à sua pesquisa, ficamos sabendo quanto ouro e quanta prata foram arrancados do nosso solo, quantos indígenas deram o seu sangue no holocausto que foi a conquista espanhola, bem como portuguesa, deste continente. Também por causa dele é que ficamos sabendo detalhes da aviltante expropriação a que historicamente foi submetida a América Latina. No momento, uma de minhas consultas constantes é um livrinho seu chamado de LIVRO DOS ABRAÇOS. Tra…

A última pele da cebola

Imagem
O escritor alemão Günter Grass, Prêmio Nobel de Literatura com sua magnífica obra "Die Blechtrommel" (O Tambor), morreu hoje de manhã, aos 87 anos de idade. O polêmico gênio da literatura alemã contemporânea era um homem de corajosa ousadia. Em todas as suas obras ele realizou uma análise monumental da tragédia nazista na segunda guerra mundial, tornando-se seu mais pontiagudo crítico. Era um apaixonado critico dos rumos da sociedade alemã. Com sua obra "Beim Häuten der Zwiebel" (título de difícil tradução para o português, que foi publicado por aqui como "Nas Peles da Cebola"), entretanto, Grass foi vítima da mesma navalha que usou por toda a vida, sendo impiedosamente criticado e largamente incompreendido. O áspero crítico do nazismo confessa na obra que foi integrante da Waffen SS e, na adolescência, nutria inocente admiração pelo "Führer". Despelando a cebola da sua vida camada por camada, Grass não se intimidou e escancarou sua biografia, e…

Metade vazia do copo será o principal problema

Imagem
Este mapa foi divulgado ontem (19 de março) pela UNESCO. Classifica a diminuição drástica das reservas de água do nosso planeta até 2030. Segundo a ONU, essa redução deve chegar a 40 por cento. E não vai adiantar consolar-se que "o copo está meio cheio". Na verdade, ter 40 por cento menos água no copo será um drama, principalmente para as populações mais pobres do planeta. O pior é que este não é um quadro sombrio acerca do nosso futuro. Já hoje, neste exato momento, 748 milhões de pessoas no planeta não têm acesso a fontes de água potável. Mais ainda. Se você pensa que, só porque o Brasil parece tão verdinho nesse mapa da sede, não tem problemas com a água, o relatório da UNESCO desmente isso. Segundo a entidade, o Brasil está entre os países que mais registraram estresse ambiental após alterar o curso natural de rios. As mudanças nos fluxos naturais, segundo a análise feita entre o período de 1981 e 2010, mas que foi concluída em 2014, foram feitas para a construção de rep…

Bullying, recuperar em vez de castigar

Imagem
As escolas da Alemanha adotaram uma nova estratégia para combater o Bullying. Parte-se do princípio de que o castigo quase nunca é a melhor saída. Em vez disso, é adotada uma estratégia chamada “No Blame Approach”, algo como “aproximação sem culpar”. Acredite, funciona. Como numa escola, num ambiente de trabalho ou em qualquer lugar todas as pessoas têm o direito de se sentirem confortáveis, bem-vindas e aceitas, é necessário acabar com os absurdos cometidos pelo Bullying. À estratégia, pois. Quando acontece um caso de bullying e é denunciado, acontece uma reunião com professores e orientadores. Quase sempre se chega à conclusão que não é apenas um aluno, mas diversos colegas de classe que estão envolvidos. Geralmente, Bullying é coisa de turma.Também é quase sempre o caso de que as vítimas são as mesmas ao longo de um bom período de tempo. Com o consentimento dos pais, é formado um grupo de apoio dentro da classe em que acontece o caso. Intencionalmente, também alguns dos que pratica…

Um nó em Blumenau

Imagem
Ontem aconteceu aquele temido nó no trânsito de Blumenau, que ninguém conseguiu ou soube desatar.Foi como espuma na cerveja: Vai se desfazendo aos poucos, lentamente, por conta própria. E olha que demorou horas! Cada um no seu quadrado! Todo mundo sabe o que significa esta frase. Para trabalhar com medicina, tem que ser médico; farmácia tem que ter farmacêutico, pedagogia é coisa de professor. Só o SETERB, na nossa "germânica" Blumenau, não aprende. Se tiver algum engenheiro de tráfego a serviço daquela autarquia, melhor nem comentar. Porque de trânsito, ali, ninguém entende do riscado. Copiam Bierretzepte und Lederhosen da Alemanha mas ninguém por aqui nunca ouviu falar de engenharia de tráfego. Pelo menos, no SETERB, não. Só três coisas que gente da área resolveria facilmente: 1. SEMÁFOROS NÃO SINCRONIZADOS. Taí algo que não dá para resolver de dentro do gabinete. Tem que ir para a rua, cronometrar, regular no capricho, dia sim dia não. Tem alguns aí, nos grandes gargalos…

A graça de Deus é otária

Imagem
Uma afronta ao bom censo. Assim seria classificada a ousadia trabalhista daquele vinhateiro. "Você quer subverter a ordem trabalhista em nosso meio?", perguntariam seus colegas proprietários de vinícolas. "Depois não se queixe, se não conseguirmos mais ninguém para colher as nossas uvas!". É que ele havia decidido pagar o salário mínimo aos seus trabalhadores. Mas saiu em diferentes horários, pois não conseguiu todos os trabalhadores logo de manhã. Ao meio dia, contratou mais alguns. No final do dia, ainda encontrou alguns sem trabalho e os contratou também. E no final do dia, pagou igual pra todo mundo: um salário mínimo, conforme combinado. Ah, mas o barraco rolou solto, assim que os primeiros viram que a turminha do fim da tarde recebeu a mesma coisa. Imagina! Que absurdo! (Confira a história de Jesus, em Mateus 20.1-16). "Eu sei o que vai acontecer", profetizou um dos viticultores naquela exacerbada reunião de classe... "Amanhã você vai sair para…

A salvação e as gaiolas

Imagem
Os três reis magos nos ajudam a ter mais tolerância, sabe por quê? Essas pessoas que se aproximam do presépio são estranhas e, antes de qualquer coisa, muito suspeitas. Segundo os teólogos, eles não eram nem três, nem reis, nem magos, com toda a carga que esta condição traz consigo. A tradição os fez três, porque três são os presentes. Mas o seu número permanece um grande mistério. Para o pastor Lisandro Orlof, eles são suspeitos “porque vêm de um grupo que está fora da comunidade de fé”, o que é um escândalo. “Deus se revela àqueles grupos que, por diversas razões, se excluíram ou nós excluímos dos limites da comunidade de fé”. Isso coloca em cheque o pensamento de que “a salvação não existe além das hipotéticas fronteiras que temos estabelecido para limitar a ação de Deus aos grupos que consideramos politicamente corretos”. Isso é um escândalo para muitos, porque “a ação de Deus vai além de tudo o que podemos compreender e, pior, além do que podemos tolerar”. Orlof atingiu o âmago d…