Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Calle 13 - Latinoamérica

Calle 13 – Latinoamérica: uma homenagem espetacular à gente deste continente. Ernesto “Che” Guevara disse em 1952: “Pero ese vagar sin rumbo por nuestra mayúscula Latinoamérica me ha cambiado mas de lo que creí, Yo ya no soy yo... por lo menos no soy el mismo yo interior”.

História que emociona

Kseniya Simonova foi a vencedora da edição Ucraniana do Got Talent-Teens (Show de Talentos Jovens), no qual fez uma animação da invasão da Ucrânia pelo exército da Alemanha nazista, durante a Segunda Guerra Mundial. Para isso, ela usou apenas os dedos e uma superfície com areia. Trouxe lágrimas aos olhos de juízes e do público. Foram oito minutos maravilhosos, que demonstraram um talento especial, e trouxeram, através da arte, a memória viva de uma guerra que marcou gerações.

Uma aposta na esperança

Imagem
The best is yet to come”, diz a placa de bronze do túmulo de Frank Sinatra, no Desert Memorial Park, em Cathedral City, na Califórnia. “O melhor ainda está por vir”, é o resumo sobre a vida de um filho de italianos, que morreu em 1998 e, mais de uma década depois de sua morte, continua sendo considerado uma das mais espetaculares vozes jamais gravadas, um dos maiores intérpretes da música do século 20. Se o melhor ainda está por vir, continuamos esperando.

A frase, entretanto, certamente não se refere à sua carreira, ou mesmo à música. O pensamento tem caráter escatológico e revela esperança. Sinatra foi um homem que viveu intensamente. Rico e sofisticado, não desperdiçou as muitas coisas boas que a vida pode oferecer. Ele tentou levar consigo uma parte das coisas que mais amou, sendo atendido no pedido de ter em seu caixão uma garrafa de whisky e um isqueiro de ouro, além de algumas moedas para poder dar algum telefonema de emergência. Mas ele se alimentava da esperança de que o me…

Aula básica do que deve ser feito

São pouco mais de oito minutos. Leonardo Boff dá uma aula magistral do que está acontecendo com o nosso planeta e o que devemos fazer para reverter o processo de exploração alucinada em que nos metemos como humanidade. Em oposição à máxima do crescimento infinito para conquistar vida digna, precisamos acabar com a conversa mole da economia sustentável para começar a reduzir o ritmo e falar de um planeta sustentável.

Mercado treme ao ouvir o que já sabia

Imagem
Em entrevista à BBC de Londres, o operador de mercados Alessio Rastani teve uma crise de sinceridade e foi abrindo o jogo. Sem pestanejar, disse à repórter da TV britânica que sonha com uma recessão para ganhar dinheiro. “Não ligamos muito para como vão consertar a economia; nosso trabalho é ganhar dinheiro com isso”, tascou.

Rastani abriu o jogo sobre o poder que os governos imaginam ter para resolver a crise do Euro ou a dos EUA. “Os governos não controlam o mundo. O Goldman Sachs controla o mundo. O Goldman Sachs não liga para esse resgate, nem os grandes fundos”, revelou.

Sobre o plano de recuperação da Grécia, ele também foi surpreendentemente sincero. “Estou confiante que esse plano não vai funcionar, independentemente de quanto dinheiro puserem. O euro vai desabar”, disse. “Em menos de doze meses, ativos de milhões de pessoas vão desaparecer”, completou.

A repórter da BBC agradeceu pela sinceridade de Rastani. A entrevista está causando furor no mercado financeiro internacion…

Voto feminino para inglês ver

Imagem
Definitivamente, vivemos num mundo do faz-de-conta. Quando se quer dar uma determinada impressão, vale até simular, disfarçar, mentir abertamente ou simplesmente manter as aparências.

A tática foi usada no início desta semana pelo ancião que reina todo-poderoso sobre a Arábia Saudita. Abdullah Bin Abd AL-Asis, 87 anos, num ato surpreendente e que foi notícia em todos os recantos do planeta, autorizou as mulheres a exercer pela primeira vez seu direito de voto e de candidatura numa eleição no país.

Alguns festejaram. Infelizmente, crendo tratar-se de uma abertura real. Mas, em lugar de ser um reconhecimento tardio de um direito há muito conquistado pelas mulheres no ocidente, o ato do rei saudita não passa de uma esperteza política. Afinal, a monarquia saudita sempre primou pelo forte conservadorismo islâmico ao longo de seus 80 anos de existência.

Não seria agora, em plena ventania democratizante do chifre africano, que a abertura chegaria com força ao regime. E as mulheres foram, a…

Cladem denuncia clínicas de “desomossexualização” no Equador

Imagem
Segundo denúncia do Comitê para América Latina e Caribe de Defesa dos Direitos da Mulher (Cladem), existem no Equador clínicas chamadas de “Centro de Reabilitação”, que oferecem serviços de “desomossexualização” para lésbicas. Segundo a denúncia, as mulheres que passam pelo duvidoso tratamento, são internadas a força e submetidas a humilhação e tortura durante o processo.

O comunicado do Cladem, divulgado no dia 23 de setembro, exige o fechamento imediato dessas clínicas, onde “se praticam castigos físicos e psicológicos que vão desde a humilhação verbal, insultos, obrigação de permanecer casadas, dias sem comida, espancamentos, diferentes formas de abuso e violência, incluídas as sexuais, como a ameaça de estupro entre outras”. O objetivo é castigar as mulheres que assumiram orientação homoafetiva e tentar forçá-las a desistir dela.

Segundo o Comitê, tais clínicas funcionam no Equador há uma década, internando a força centenas de mulheres homossexuais, que enfrentaram e enfrentam um…

Qumran digitalizado pelo Google

O Google inova mais uma vez. Desta vez, digitalizou o mais importante documento arqueológico do século 20, os Manuscritos do Mar Morto, também conhecidos como os Manuscritos de Qumran. Nesta segunda-feira, em seu blog, o gigante das buscas anunciou a criação do Dead Sea Scrolls Online (Manuscritos do Mar Morto Online). Em linhas gerais, o projeto reúne os cinco manuscritos do Mar Morto digitalizados e acessíveis a qualquer pessoa na internet.

O site foi desenvolvido em parceria com o Museu de Israel, em Jerusalém, e seu lançamento marca também o início do novo calendário hebraico. De acordo com a AFP, o custo total do projeto foi de US$ 3,5 milhões financiados pela Autoridade de Antiguidades de Israel e pela divisão de pesquisa e desenvolvimento do Google local.

As fotografias dos pergaminhos em alta resolução, feitas por Ardon Bar-Hamma, têm até 1.200 megapixels, resultando em uma imagem até 200 vezes maior do que aquilo que se está acostumado a fazer com as câmeras amadoras. Tanta…

Em cima do armário... de novo!

Outra tragédia familiar? Veja detalhes aqui. A arma em cima do armário de novo? Vai ser todo dia agora? Esse pessoal, que tanto ama as armas, não tem maior criatividade para esconder seu brinquedinho? Paz, paz, é o nosso clamor, em defesa de inocentes submetidos à curiosidade por brinquedos letais ocultos sobre o armário. Basta disso.

Nada mudou em Potosi

Essa reportagem comovente do Domingo Espetacular (Record) de ontem, 25 de setembro, mostra que pouca coisa mudou na América Latina desde o imperialismo colonial. O cenário é o mesmo: Potosi (Bolívia), a cidade mais alta do mundo. Os protagonistas são, ainda, os mesmos: indígenas latino-americanos. A situação não mudou nada em séculos: escravidão. O remédio para suportar tudo é, ainda, o mesmo: a bochecha gorda escondendo o maço de folhas de coca para serem mascadas, ajudando a suportar o que não é suportável.

Quem quiser saber como tudo começou, precisa ler, da primeira à última página, o clássico dos clássicos sobre o imperialismo no nosso sofrido continente: As Veias Abertas da América Latina, do escritor uruguaio Eduardo Galeano. Ele conta como uma montanha de prata foi reduzida a escombros, por mãos indígenas e bochechas recheadas de folha de coca, aí mesmo, em Potosi. Sem ler esta obra-prima acerca do nosso trágico destino, você não sabe nada sobre a América pobre, indígena, exp…

Vai-se uma guerreira

Imagem
Morreu a Prêmio Nobel da Paz de 2004, Wangari Maathai. A queniana morreu aos 71 anos de câncer, no domingo 25 de setembro, após um longo período de luta contra a doença.

Em 2004, a militante foi recompensada com o Nobel pelo trabalho do Movimento Greenbelt (Cinturão Verde), fundado em 1977, e foi a primeira mulher africana a receber o prêmio. Desde sua fundação, a organização plantou quase 40 milhões de árvores na África.

Wangari foi a primeira mulher com doutorado na África central e oriental, presidiu a Cruz Vermelha queniana nos anos 70 e foi secretária de estado para o Meio Ambiente entre 2003 e 2005. Seu trabalho levou o debate ecológico a toda África. Nos últimos anos, ela se envolveu na proteção da selva da bacia do Congo a segunda maior floresta tropical do planeta.

A última tourada na Catalunha

Imagem
Ontem 20 mil pessoas assistiram à última tourada na Arena Monumental de Barcelona. O parlamento da Catalunha extinguiu a maior tradição espanhola em seu território em julho de 2010, por meio de uma lei que entra em vigor no primeiro dia do próximo ano. A arena de Barcelona é a última em que ainda havia exibições do gênero. Cidades da Catalunha como Gerona, Figueras e Lloret Del Mar já demoliram suas arenas há anos.

A tourada consiste num duelo entre o touro e os toureiros, que provocam o animal com uma capa vermelha, depois cravam estacas em seu dorso e, por fim, o matam com um golpe certeiro de espada. Os organismos de defesa dos animais consideram a prática como tortura e maus tratos. Por isso, comemoram a proibição das touradas na Catalunha após décadas denunciando essa tradição.

“Este é um grande passo para a sociedade espanhola”, afirmam as entidades, ressaltando que continuarão pressionando até que a prática seja banida em toda a Espanha. Dezenas de municípios já haviam aprova…

A justiça dos homens é falha

Imagem
Entre os dias 21 e 22 de setembro foram executadas três pessoas no mundo, por sentença judicial em países que têm a lei capital e a usam com frequência assustadora para resolver crimes. O Irã executou um jovem de 17 anos, condenado por homicídio. A China executou um paquistanês condenado por tráfico de drogas. A terceira pessoa foi executada nos Estados Unidos, por um crime que teria cometido há 20 anos, apesar de se dizer inocente desde então e a polícia não ter juntado suficientes evidências de sua real culpa no caso.
Troy Davis foi condenado à morte em 1991 pelo homicídio do policial Mark Allen Macphail em Savannah, no estado da Geórgia. Sete das nove testemunhas-chave  do julgamento de Davis retiraram ou alteraram o seu testemunho, algumas alegando coerção policial. Mesmo assim, o estado da Geórgia (aquele mesmo, que Martin Luther King cita em seu famoso discurso “eu tenho um sonho”, lembra?) manteve a condenação. Davis era negro. Mark Macphail era branco.
As dúvidas (sim, apesar de…

O risco de ir ao culto

Imagem
Quando vamos a um culto na nossa igreja, aqui no Brasil, estamos exercendo um dos mais básicos direitos de toda pessoa humana, que é o de professar livremente a sua fé sem ser intimidado, perseguido ou constrangido. Mas isso não é assim em muitos outros lugares do mundo.

Por exemplo, na Indonésia. Lá, os cristãos estão sendo vítimas de perseguição, constrangimento e desrespeito ao seu direito de professar a sua fé. Pior que isso, ser cristão lá é uma opção que representa risco de vida. Neste domingo, durante um culto numa igreja protestante, um maluco suicida resolveu matar-se com uma bomba amarrada ao corpo. Pelo menos 17 pessoas resultaram feridas e, segundo testemunhas, duas morreram, na cidade de Surakarta, também conhecida como Solo, na Ilha de Java.

O local do atentado fica na cidade natal de Abu Bakar Bashir, considerado o guru espiritual que inspira esse tipo de atentado. Ele é o motivador por trás de outro atentado, ocorrido em 2002, que matou 200 pessoas cristãs na Indonés…

Por uma sociedade desarmada

Mais uma tragédia familiar ligada a armas de fogo (aqui). Desta vez, o palco foi São Caetano do Sul, e outra vez envolvendo uma escola. Até quando vamos tolerar isso? Por uma cultura de paz e por uma sociedade sem armas, continuo sonhando com o dia em que aprenderemos a resolver diferenças com diálogo e a buscar segurança no respeito mútuo.

Lúcido e dramático, o depoimento de Rodrigo Pimentel ao Bom Dia Brasil do dia 26 de setembro. Veja.

Fachadas com grifes ocultam bastidores perturbadores

Imagem
Anúncio de 1933 oferece uniformes “de chuva, de esporte e de trabalho” produzidos pela grife Hugo Boss.

O mundo da moda está meio decaído ultimamente. No caminho inverso das tendências em termos de comportamento, algumas grandes marcas preferem ir contra tudo o que se conquistou hoje no plano do politicamente correto.

Primeiro foi John Galliano, e suas declarações bombásticas e canalhas sobre os judeus. A sua boca custou-lhe o milionário emprego na Dior e o generoso espaço que ocupava na vitrine mundial da moda. Ele já falava muito sob flashes e holofotes. Mas, embriagado, disse um monte de bobagem e lhe cobraram a fatura.

Depois veio a história da Zara e seu “inocente” envolvimento com trabalho escravo no Brasil. Os chefões da rede espanhola de lojas de roupas de luxo estão por aqui, tentando apagar um incêndio que pode significar o fim da Zara em solo brasileiro. Até no Congresso eles estiveram, para justificar, de modo envergonhado, que a Zara negociou roupas confecionadas por ile…

Dia mundial sem carros

Imagem
O dia de hoje, 22 de setembro, é declarado solenemente o “Dia Mundial Sem Carro”. Na mesma data, também solenemente, a indústria automobilística mundial participa, ávida para atender as demandas por novidades, da feira internacional do automóvel de Frankfurt.

É uma gritante contradição. Ela se aprofunda mais ainda quando constatamos que, num esforço enorme para vencer a indiferença e até certa má vontade, a indústria automobilística enche os estandes de Frankfurt de novidades na área dos carros alternativos, movidos a energias mais “simpáticas” ao meio ambiente. Falam de “emissão zero”, mas seus protótipos nunca sairão dos laboratórios. São novidades para inglês ver.

São novidades para as quais apreciadores dos carros ainda torcem solenemente seus narizes. Eles querem ouvir o ronco do motor a explosão, movido a petróleo, com um razoável número de cilindros produzindo o que alguns chamam de música. Seus ávidos olhares não querem as novidades da turma da “emissão zero”. Eles se volta…

Caixa erra com Machado branco

Depois de pisar na bola com força numa campanha publicitária pelos 150 anos da instituição, a Caixa Econômica Federal (CEF) veio a público pedir desculpas. Retirou do ar a peça publicitária em que Machado de Assis é apresentado como um dos primeiros clientes, poupadores e aplicadores do banco. Até aí nada demais. O que faltou, foi cuidado na produção da peça, em que o ator que representa o grande escritor brasileiro é branco. Todos sabem que Machado era afro-descendente, embora já na época de sua existência isso era cuidadosamente ocultado (saiba mais aqui).

Diversas pessoas denunciaram o fato como discriminação e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República acolheu queixa a respeito, encaminhando pedido à CEF para que se desculpe. O banco suspendeu hoje a veiculação do referido anúncio, em que a atriz Glória Pires faz a narração. Vitória dos movimentos que lutam por igualdade.

Desculpas pedidas, desculpas aceitas. Mas o pedido ainda não foi c…

A diversidade das árvores brasileiras

Imagem
Para o Dia da Árvore, esta também é ótima. Uma coisa da qual eu sempre achei graça, nos poucos meses em que estive na Alemanha nos anos 1980, foi a facilidade das crianças alemãs em recitar os nomes das árvores que encontravam pelo caminho. Elas olhavam para a árvore e pimba, davam o seu nome. “Vai fazer isso no Brasil”, eu tripudiava. Na Alemanha isso era fácil, porque há somente poucas dezenas de espécies de árvores por lá.
Era uma das coisas que realmente me chamavam a atenção, porque uma visita a um bosque alemão é uma monotonia vegetal de desesperar, especialmente para quem conhece a biodiversidade da Mata Atlântica. Por isso, sempre achei que as nossas crianças e até os adultos brasileiros tinham toda razão na sua “memória curta”. Se você não acredita, então veja a notícia abaixo.
Uma coleção com quase 5 mil amostras de madeiras do Laboratório de Produtos Florestais do Serviço Florestal Brasileiro (LPF/SFB) está sendo usada para conhecer e registrar informações sobre as árvores d…

Uma visita muito especial

Imagem
No Dia da Árvore, há diversas maneiras de homenagear as árvores. A homenagem, entretanto, pode tornar-se absolutamente incomum quando você é surpreendido pela própria homenageada. Inusitada mesmo a coisa fica, quando você retorna ao seu local de trabalho e a homenageada está sentada diante da sua mesa de trabalho. Foi o que aconteceu comigo, neste Dia da Árvore. Ao chegar na agência, havia uma árvore na cadeira diante da minha mesa.

A árvore é parte da campanha que a Mythos Comunicação criou para a Construtora Frechal, de Blumenau. O objetivo é divulgar a vinculação da Frechal com a importante e urgente temática ambiental da sustentabilidade.

Uma substituta para Emy

Imagem
Emy Winehouse não vai deixar lacuna por muito tempo. Uma garota britânica com o germânico nome de Adele é a bola da vez. Adele Laurie Blue Adkins é cantora e compositora das melhores. Com sua voz de contralto, ela substitui Amy com folga. O que realmente impressiona, entretanto, é a beleza de suas músicas. Ela nasceu em 1988.

Mais amor, por favor

Imagem
Recebi e repasso esta mensagem, da pastora Vera Cristina Weissheimer:

“É preciso amor pra poder pulsar.” (Almir Sater)
“Ainda que eu falasse a língua dos homens. E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.” (Paulo de Tarso)

Sacralizado pelo apóstolo Paulo em 1 Coríntios 13, poetizado por Camões no “Soneto 11” e cantado por Renato Russo em “Monte Castelo”, o amor é uma estranha força que move mundos e pessoas. Podemos trabalhar exaustivamente, mas se o trabalho que fazemos não estiver carregado de Amor, nos esgotaremos. O Amor é estranho. Quanto mais eu o dou, mais ele se refaz em mim. Por isso, não falo de um amor qualquer. É Amor maiúsculo. Posso ter grandes feitos, mas o que restará ao coração se ali somente houver o sentimento do fazer por fazer, do fazer por que foi uma ordem, do fazer para cumprir horário?

O amor, não tem pátria, nem religião ou cultura. Tem seu lugar no coração humano. Mas é, talvez, ali que ele esteja mais sem lugar.

O grafite na Avenida Pompéia, Mais a…

Pirataria no parlamento

Imagem
Você concorda que nem todo mundo que baixa uma música ou um filme da internet é pirata? Pois na Europa existe um partido político que pensa exatamente assim. Surgido na Suécia em 2006, esse partido popularizou-se rapidamente, principalmente por conta de sua familiaridade com a internet. E eis que, no domingo passado, 18 de setembro, a Piraten Partei fez quase 9% dos votos nas eleições parlamentares e consegue, pela primeira vez, representação num parlamento estadual na Alemanha. Eles vão compor a bancada estadual no estado de Berlim.

Fundado na Alemanha também em 2006, o Partido Pirata cresceu rapidamente e já conta com 13 mil membros em todo o país. Os membros do partido argumentam que nem todos que baixam músicas e filmes do site Pirate Bay deveriam ser considerados criminosos. O paradigma da era digital não é mais a posse, mas o acesso, argumentam piratas em todo mundo.

Além da questão da internet, um dos principais pontos do programa do Partido Pirata é a tentativa de estabelecer…

Em favor do Estado da Palestina

Imagem

Se Jesus fosse neopentecostal

Imagem
Se Jesus fosse neopentecostal, não venceria satanás pela palavra, mas o teria repreendido, amarrado, mandado ajoelhar, dito que é derrotado, feito uma sessão de descarrego durante sete terças-feiras; aí sim ele sairia (Mt 4.1-11).
Se Jesus fosse neopentecostal, não teria feito simplesmente o “sermão da montanha”, mas teria realizado o “Grande Congresso Galileu de Avivamento Fogo no Monte”, cuja entrada seria apenas 250 Dracmas divididas em 4 vezes sem juros (Mt 5:1-11).
Se Jesus fosse neopentecostal, jamais teria dito, no caso de alguém bater em uma de nossa face, para darmos a outra; Ele certamente teria mandado que pedíssemos fogo consumidor do céu sobre quem tivesse batido, pois “ai daquele que tocar no ungido do senhor” (Mt 5 :38-42).
Se Jesus fosse neopentecostal, não teria curado o servo do centurião de Cafarnaum à distância, mas o mandaria levar o tal servo em uma de suas reuniões de milagres e lhe daria uma toalhinha ungida para colocar sobre o seu servo durante sete semanas;…

Um desabafo sobre as enchentes

Imagem
Está circulando na internet e recebi agora o texto abaixo. É um desabafo emudecedor. Fala da indiferença da Globo em relação ao que aconteceu no Vale do Itajaí neste início de setembro. Aliás, também me chamou a atenção o quanto a própria RBS trabalhou toda a situação de maneira superficial, sem se envolver, com a indiferença de quem narra uma partida de futebol. No passado a RBS deu muito maior atenção nessas circunstâncias. Fiquei positivamente impressionado com o papel desempenhado pela RIC-Record, que fez uma cobertura muito mais cuidadosa e próxima das pessoas. Em suma, na mosca o desabafo de Auri Carlini. Veja o que ele diz, no texto a seguir:

Moro em Taió (SC) e, nos últimos dias, nossa região vem sofrendo uma das piores enchentes da história de Santa Catarina. A casa onde moro com minha família felizmente foi pouco atingida e pouco perdemos. Aos poucos tudo está voltando ao seu normal e, graças a Deus, não chegamos a passar nenhuma dificuldade mais séria, a não ser erguer noss…

Umidificador em Blumenau?

Imagem
Um bom exemplo de marketing capenga é o e-mail que recebi agora mesmo da Americanas.com. Oferece frete grátis e desconto para umidificadores. Seria mais saudável para nós e para toda a população do resto do Brasil se todos viessem para cá respirar um pouco do excesso de umidade que beira os 100% por aqui... e isso nos últimos três meses! Veja você mesmo, aqui.

Cardeal Arns completa 90 anos

Imagem
Pelos 90 anos de D. Paulo Evaristo Arns, esta foto histórica em que ele aparece cumprimentando o ex-pastor sinodal Nelso Weingärtner e ambos exibem suas cruzes episcopais, num gesto repleto de sincero ecumenismo e marcado pela alegria de dois bem-sucedidos filhos de colono que se tornaram marcos em suas igrejas.

A presidenta Dilma Rousseff divulgou nota cumprimentando dom Paulo Evaristo Arns, cardeal arcebispo emérito de São Paulo, pelos seus 90 anos, completados ontem, 15 de setembro. A ex-prisioneira política e torturada homenageou o pastor que aterrorizou a ditadura militar, ao visitar os “porões do regime”, viajar para Roma e relatar em entrevistas o que via.

Dilma lembrou o “sacerdote que, num momento crucial da vida política do nosso país, foi um facho de luz e de esperança para todos os brasileiros que não se conformavam com o regime de arbítrio e as perseguições políticas, e sonhavam com um Brasil livre e mais justo socialmente”, agregou.

A nota da presidência enfatiza que ele…

Serras famintas por floresta

Imagem
Datada de 01 de outubro de 1972, em Lebon Régis, mostra grupo de amigos posando para a posteridade em frente a um caminhão Chevrolet, que leva consigo uma única tora de madeira que toma conta de toda a carroceria. Época em que a extração madeireira era uma das principais atividades da região.

Nesta foto, datada de 1958,e que fica para a prosperidade, vemos um Ford F8 carregado de madeiras.

Caminhões carregados de toras de madeira em Lebon Régis, entre as décadas de 50 e 60. Cargas enormes eram transportadas em robustos caminhões durante a exploração madeireira no município, próspera naquela época.

Frota de caminhões da firma Bonatti & Comper LTDA, carregados com toras de madeira, em julho de 1986.

Essas fotos são um testemunho contundente do que fizemos ao meio ambiente no passado. Milhares, talvez até milhões de caminhões como estes das fotos arrancavam árvores e mais árvores da mata atlântica todos os dias e conduziam seus cadáveres às serrarias. Era parte da rotina diária. Todo m…

Trabalho escravo chega ao Congresso

Chegou hoje ao Congresso Nacional, mais especificamente à comissão de Direitos Humanos e Minorias, o assunto do trabalho escravo promovido por terceirizados da Zara Confecções. Em audiência pública sobre trabalho escravo na comissão, foram ouvidos os representantes do Ministério do Trabalho (MIT) e até dois espanhóis representando a Zara, cuja sede é na Espanha.

Quem acrescenta novas informações sobre o envolvimento da Zara com o trabalho escravo, é o deputado Jean Willys, através do twitter. Segundo o seu relato, há mais gente do ramo de confecções sob a lupa do MIT, inclusive as Casas Pernambucanas.

Segundo o auditor do MIT na audiência pública no Congresso, a escravidão de bolivianos no Brasil está ligada ao tráfico internacional de pessoas, que existe “para atender as demandas por trabalho escravo (inclusive sexual), adoção ilegal e por órgãos”, twittou Jean Willys. Segundo o deputado, a PEC do trabalho escravo está parada no congresso “por conta dos parlamentares conservadores”.

Camisa de força para Bolsonaro

Imagem
O desespero de Jair Bolsonaro revela muita coisa.

O destempero do deputado Jair Bolsonaro, ontem, ao invadir uma coletiva do líder do governo sobre a criação da Comissão da Verdade mostra duas coisas.

Em primeiro lugar, confirma a forma que a turma da farda sempre teve de lidar com os que não pensam como eles: na pancada, no grito, na imposição, na base do “Deita! Vinte flexões!”. Nenhum argumento que os conteste é aceito e, se for necessário, repressão e tortura para calar os opositores.

Em segundo lugar, mostra que há, sim, muita coisa que os militares querem esconder de qualquer jeito. Enquanto puderem, vão usar todos os meios para impedir que essa história – que é a nossa história brasileira a partir de 1964 – seja colocada em pratos limpos. Eles não querem e ponto final. Vale qualquer coisa para impedir, do destempero patético de Bolsonaro e conchavos, difamações e agressões baratas.

Tiro o chapéu para Cândido Vaccarezza, que não se descontrolou diante da grosseira invasão de B…

O Papa é denunciado em Haia

Imagem
A cristandade está perdendo sua força missionária. Há diversos motivos que podem ser arrolados como causadores. Entre eles, a falta de vocações, a crescente secularização e o descrédito em que foi lançada, graças a posições turronas, irredutíveis e ultrapassadas com relação a diversos temas da atualidade.

Entretanto, no meu entendimento, a cristandade tem cometido seus mais graves erros na falta de coerência, no testemunho fraco e minado dos mesmos pecados de que acusa a sociedade e, acima de tudo no mau testemunho. A lista de exemplos de comportamentos inadequados, desvios de conduta e até de mau-caratismo abundam em toda a cristandade e em todas as igrejas em que se divide. Aliás, a própria divisão da cristandade é um dos piores testemunhos, levantando suspeitas e desconfianças sobre a credibilidade do seu testemunho.

Veja as milhares de vítimas dos sucessivos escândalos de pedofilia na igreja católica, por exemplo. Depois de muitas acusações, gritos desesperados e até processos c…

Edir Macedo acusado de lavagem de dinheiro pelo Ministério Público

Imagem
Hoje as notícias sobre "pastores" 171 estão a todo vapor. Veja mais esta, que saiu no portal Terra e no JB.

O Ministério Público Federal em São Paulo afirmou nesta segunda-feira que denunciou o bispo Edir Macedo Bezerra, chefe religioso da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), por montar, com mais três dirigentes da igreja uma quadrilha para lavar dinheiro da instituição. Os valores seriam remetidos ilegalmente do Brasil para os Estados Unidos por meio de uma casa de câmbio paulista entre os anos de 1999 e 2005.

Também são acusados o ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva, o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição, e a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa.

Segundo a denúncia, o dinheiro era obtido por meio de estelionato contra fiéis da IURD, através do "oferecimento de falsas promessas e ameaças de que o socorro espiritual e econômico somente alcançaria aqueles que se sacrificassem economicamente pela Igreja".

Os quatro também são acusados do…

Para Tea Party aquecimento global é balela

Imagem
Agora vejam essa. Uma pesquisa da Universidade de Yale sobre mudanças climáticas apurou que os simpatizantes do Tea Party (o movimento de extrema direita norte-americano) se recusam a acreditar que o mundo vive o risco do aquecimento global. Como eles são adeptos da idéia de que “quanto pior melhor”, ou seja, que tudo deve ruir rapidamente para apressar a volta de Cristo, o aquecimento global é muito bem-vindo.

Nada menos do que 53% deles se recusam a acreditar no aquecimento global. A direita tradicional é menos cética: 30% acha que é balela esquerdista a elevação da temperatura do planeta por conta da sociedade movida a petróleo. Entre os democratas e os independentes, a percentagem cai para 8 e 14%.

Os extremistas de direita dizem em maioria (52%), além disso, que não precisam mais de nenhuma informação sobre o tema. E quase todos dizem que nunca será sentido algum efeito sequer do aquecimento global.
(Fonte: Tijolaço.com)

Renascer em crise não afeta bispa Sônia Hernandes

Imagem
Veja um relato impressionante de até onde pode ir o mau-caratismo em nome de Jesus. O livro da bispa Sônia Hernandes, da Igreja Renascer, tem um título extremamente coerente. Condiz com a vida nababesca que leva, em nome de Jesus. Leia a matéria da ALC, a seguir.

A líder da Igreja Renascer em Cristo, bispa Sônia Hernandes, 52 anos, lançou no sábado, 10 de setembro, na Feira do Livro do Rio de Janeiro, “Vivendo de Bem com a Vida”, pela Editora Thomas Nelson.

A primeira edição do livro, com tiragem de 17 mil, já está esgotada. Um segunda edição foi providenciada, de 10 mil cópias. Parte desse volume, contam os repórteres João Loes e Rodrigo Cardoso, da revista IstoÉ, serão destinados aos fiéis da Renascer a um preço acima do mercado.

Bispos e pastores vão anunciar nos cultos: “Quero cinco pagando 300 reais por cada um desses livros até o final do culto”. A estratégia aponta para uma crise na Renascer ancorada em cisões internas, lideranças migrando para outras denominações, templos fec…

O pastor incendiário

Imagem
Muita gente considera o “pastor” Terry Jones um maluco excêntrico. É aquele que queimou o Alcorão e quase incendiou o mundo de novo. Vocês sabem. Mas ele diz às claras o que muitos americanos crêem e defendem em seus encontros de família, festas de aniversário e encontros fortuitos nos happy hours. Pois hoje mesmo, neste sábado antes das celebrações pelos dez anos do 11 de setembro, este “pastor” fez uma pregação contra o Islã na área de Times Square, em Nova York. Jones chamou o Islã de “falsa religião” durante sua pregação e usava uma camiseta que dizia: “Tudo o que eu precisava saber sobre o Islã, eu aprendi com o 11 de setembro”. É lenha de boa qualidade na fogueira do fundamentalismo americano, conforme você mesmo descobre no post a seguir.

Os fundamentalismos do 11.09

Imagem
Os dez anos de 11 de setembro, além de remeter ao mais vil ato de terrorismo da história, com consequências sequer imaginadas pelos seus executores, levanta uma série de questões de extrema importância para reflexão.

Antes de qualquer coisa, é fundamental reconhecer que o povo americano tem toda razão em sua comoção, em homenagear as vítimas dos quatro aviões covardemente utilizados pelos suicidas que os derrubaram, em criar um Marco Zero para que jamais se esqueça o lugar em que se erguiam as Torres Gêmeas e, também, em homenagear os milhares de mortos dentro das torres e no Pentágono, bem como as centenas de heróis bombeiros que morreram para salvar quem pudessem, naquele dia fatídico. Também a comoção e o medo de novos atentados, vividos pela nação americana nesta primeira década depois do atentado, são plenamente justificados. O mundo mudou, terrivelmente, e para pior, depois daquele dia de céu azul-anil na maior cidade do continente americano. Por isso, à semelhança das dramáti…

Os italianos e suas macchinas

Imagem
Como todo amante das belas macchinas italianas sabe, a Itália especializou-se em produzir veículos para poucos. Ferrarri, Lamborghini, Alfa Romeo, Mazzeratti são alguns dos nomes mais conhecidos dessa tradição competentíssima e de sucesso mundial.


Mais restrito ainda, entretanto, porque é assunto para apreciadores, é o mundo das motos italianas. Também entre elas, os italianos se especializaram em produzir alguns modelos exclusivíssimos, de inquestionável beleza no design e competência tecnológica de ponta. Marcas como Laverda, Gilera, Moto Guzzi, Ducati e MV Agusta (que produz as motos mais caras e exclusivas do mundo) estão entre elas.


Agora, às vésperas do Salão do Automóvel de Frankfurt (que inicia no dia 13 de setembro), a Ducati se uniu à AMG para lançar uma série especialíssima da Diavel. A moto, que já era uma miss, ficou irresistível. Como as imagens mostram, trata-se de uma dessas máquinas que nos fazem parar para ver. A parceria entre a fabricante de motos e a Mercedes A…

Um mês de oração e ação pela natureza

Imagem
O Conselho Mundial de Iglesias (CMI) uniu-se ao apelo para observar, de 1º de setembro a 4 de outubro, um tempo de oração e reflexão sobre o cuidado e o uso justo dos dons da natureza. Durante mais de 20 anos um número crescente de cristãos de todo o mundo reservaram esse período do ano como um tempo para dar graças pela criação de Deus e unir-se em oração e ação em favor do meio ambiente.

A iniciativa inspira-se na ação do então Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Dimitrios I, ao proclamar, em 1989, o 1º de setembro como Dia de Oração pela Terra e o Ecossistema. O ano da Igreja Ortodoxa começa tradicionalmente em setembro. O novo tempo litúrgico estende-se até o dia 4 de outubro, quando católicos e ortodoxos celebram o Dia de São Francisco de Assis.

2011 foi declarado Ano Internacional dos Bosques. O CMI exortou cristãos das suas igrejas-membro a dedicarem orações à preservação de matas e florestas. O organismo ecumênico internacional fez um apelo ao compromisso com a “ecojusti…

Somos incorrigivelmente vorazes

Imagem
No século 20, o ser humano conquistou o “impossível”. Sabemos voar como os pássaros, navegar sob as águas como os peixes, correr mais rápido do que os coelhos e somos capazes de nos comunicar a distâncias outrora inimagináveis. Somos a geração automotiva. O relógio mede cada segundo do nosso tempo, cavalos e carruagens cederam lugar a carros e aviões, trovadores invisíveis cantam através de nosso equipamento de som, arautos sem rosto divulgam os fatos pelo rádio, o circo e o teatro irrompem em nossa sala nas dimensões de uma pequena tela eletrônica.

Melhor do que dividir a história em antiga, medieval, moderna e contemporânea é distingui-la pelas eras. A era agrícola durou 10.000 anos; a industrial os últimos 100 anos; e agora a era cibernética.

Johannes Kepler, nascido na Alemanha em 1571, atraído pelo faro estético dos gregos – que acreditavam ter o Universo uma natural simetria – descobriu a arquitetura do sistema solar e levou quatro anos para calcular a órbita de Marte, uma eli…

Sem sinal de rubor

Estes são os representantes do nosso valoroso povo trabalhador. São os primeiros a apontar “corrupção”... no gabinete dos outros, no governo dos outros, nos outros Estados da Federação, em Brasília... Em sua opinião, cínica e sem qualquer sinal de rubor na face, justificam com uma desenvoltura impressionante suas “atribuições” na Assembléia Legislativa Catarinense. Certamente se contam entre os paladinos da moral e da ética na gestão pública. E esses são apenas os casos até agora levados à luz do dia... a ponta de um iceberg que emperra, sufoca, leva à inanição a máquina do governo e do estado. É asqueroso.

O velho e o ônibus

Imagem
Nos arredores da cidade de Hebron (Al-Khalil), a nordeste do centro histórico, localiza-se o Wadi Al-Ghrous, um vale localizado entre as duas colinas onde estão instalados dois assentamentos israelenses: Qiryat Arba (ao sul) e Givat Harsina (ao norte). O primeiro foi estabelecido em 1968 e o segundo no início da década de 1980 por colonos removidos do Sinai após o tratado de paz entre Israel e o Egito. Algumas famílias palestinas continuam vivendo ali, resistindo à pressão criada pelos assentamentos circundantes, que se manifesta normalmente através do confisco de terras e da violência dos colonos. Em meio a esse conturbado ambiente, encontra-se a história de perseverança de um velho e seu ônibus.

Sozinho, agarrando-se ao pouco que resta de sua terra, um idoso de 80 anos chamado Abd Al-Hasib Atta Zaloum passa a maior parte do tempo embaixo de uma árvore. Durante toda a sua longa vida testemunhou inúmeros acontecimentos-chave do conflito árabe-israelense, como as guerras de 1948 e 196…