O pastor incendiário


Muita gente considera o “pastor” Terry Jones um maluco excêntrico. É aquele que queimou o Alcorão e quase incendiou o mundo de novo. Vocês sabem. Mas ele diz às claras o que muitos americanos crêem e defendem em seus encontros de família, festas de aniversário e encontros fortuitos nos happy hours. Pois hoje mesmo, neste sábado antes das celebrações pelos dez anos do 11 de setembro, este “pastor” fez uma pregação contra o Islã na área de Times Square, em Nova York. Jones chamou o Islã de “falsa religião” durante sua pregação e usava uma camiseta que dizia: “Tudo o que eu precisava saber sobre o Islã, eu aprendi com o 11 de setembro”. É lenha de boa qualidade na fogueira do fundamentalismo americano, conforme você mesmo descobre no post a seguir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”