Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Os 65 anos do assassinato de Gandhi

Imagem

Nossa memória enterrada na sucata

Imagem
Matéria publicada na Rede Brasil Atual dá conta de uma visita, realizada ontem, dia 29 de janeiro, às antigas instalações do DOI-Codi paulista pela Comissão de Direitos Humanos da OAB paulista. Depois de um bate-boca com o delegado titular do 36° DP, Márcio de Castro Nilson, e após má vontade generalizada, o grupo, acompanhado de diversas pessoas que estiveram presas ali e foram torturadas, encontraram um local descaracterizado e completamente abandonado, servindo de depósito de sucata da Polícia Civil. Entre escrivaninhas velhas e cadeiras destruídas, muita poeira e um imóvel em parte depredado, foi difícil reconhecer o maior centro de repressão da Ditadura em São Paulo.

Ou seja, se não é puro desrespeito com a história e a memória do Brasil, é um atentado intencional, para ocultar tudo o que for possível do período mais escuro da nossa história. A foto acima, tirada durante a visita do grupo, dá uma boa ideia de que qualquer tentativa de resgate dessa memória vai esbarrar um muita m…

À procura dos culpados no país das gambiarras

Imagem

A periferia da vitória contra o fascismo na Segunda Guerra Mundial

Imagem
Um dos períodos mais pesquisados da história do século vinte é o do nazismo e da segunda guerra mundial. Bibliotecas inteiras de livros a respeito, documentários e filmes a rodo e muita pesquisa acadêmica esmiuçaram cada ação e reação do maior conflito da história da humanidade.

Mas um excelente artigo da Deutsche Welle sobre uma exposição (mais uma!) relacionada ao conflito vencido pelos aliados (EUA, França, Grã-Bretanha e URSS), levanta um tema que quase não mereceu atenção dos pesquisadores. É, obviamente, aquele capítulo que fala das nações do terceiro mundo (pobre, subdesenvolvido e carente) e seu apoio aos aliados para garantir esta tão celebrada vitória. O artigo pode ser lido aqui.

O texto também mostra que outros lugares do planeta foram atrozmente bombardeados, além daqueles que estamos acostumados a lembrar. Por exemplo, em Manila, nas Filipinas, morreram 100 mil civis – ou seja, mais do que em Berlim, Dresden ou Colônia.

Também a herócia participação de exércitos de jov…

Quanta água existe na Terra?

Imagem

A pirataria é anterior à internet

Imagem
Esta imagem é uma prova cabal de que a pirataria é anterior à internet. Todos os jovens com algum recurso economizavam os seus parcos trocados para comprar um gravador de fitas K-7 e montar a sua própria "playlist", que na época não tinha este nome pomposo.

Era assim nos anos 1970. E era muito mais gostoso copiar as músicas de uma fita para a outra do que ouvi-las depois de copiadas... Isso sem contar os incômodos quando a fita dobrava ou enroscava no toca-fitas. Não era difícil encontrar centenas de metros de fita no meio da rua, arrancadas com fúria de dentro de um K-7 que deu problema.

A diferença é que hoje, depois do escândalo da prisão e soltura do dono do site Megaupload, tudo parece uma brincadeira de criança. Depois de virar multimilionário com a pirataria, Kim Dotcom foi preso na Nova Zelândia e teve os seus bens arestados pela justiça. Agora solto, no último sábado 19 de janeiro lançou seu novo site de downloads pela internet, agora só MEGA, que ele jura ser ce…

Intolerância no Facebook? Denuncie!