As cotas do populismo gratuito





E essa agora? Contra a história do seu próprio partido, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou um programa de cotas para negros no serviço público da capital baiana. O decreto, divulgado no dia 9 de janeiro, cria um grupo de trabalho que ainda deve elaborar os detalhes da ação afirmativa. A quantidade de vagas e os critérios de escolha dos candidatos ainda não foram definidos.

“É comum ouvir que Salvador é a cidade mais negra fora da África, mas não é comum nós cultuarmos e enaltecermos a luta e a riqueza cultural dos nossos ancestrais. O objetivo deste  trabalho em conjunto é abrir portas e quebrar paradigmas”, disse o prefeito ao anunciar o programa.

A postura de ACM Neto destoa da postura do DEM, que ele promete restaurar. Em junho de 2009, o DEM entrou, por meio do então senador Demóstenes Torres, com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo o fim da reserva de vagas em universidades a partir de critérios raciais e sociais. Por unanimidade, o tribunal rejeitou o pedido do DEM em abril de 2012.

Vá entender essa atitude de ACM Neto... Os correligionários devem estar furibundos com ele. Mas é a atitude típica de quem vende a alma ao diabo só para azucrinar os inimigos. Depois, diz que tem posição independente em relação ao partido e não sei mais o quê... É muita cara de pau.

Mas eu entendo. Populista é o Lula, o Hugo Chávez, a Christina Kirchner. O Ivan Naatz é que o diga...(Em tempo: Naatz é vereador eleito pela oposição/PDT em Blumenau e que agora aceitou a honrosa função de representante do governo/PSDB na câmara de Blumenau).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”