Arma em casa, tenha uma...

Tragédia. Em Fresno, nos EUA, uma criança de dois anos dispara acidentalmente uma pistola automática e mata a irmã de seis anos. A menina morreu na hora, e o acidente foi assistido por outras duas crianças. O que elas estavam fazendo com uma pistola automática no meio dos seus brinquedos? O pai estava em casa. Ouviu o disparo em outro cômodo. Mas nada disso tirou o “bom senso” da polícia local, que está tratando o caso como “um acidente”, do qual os pais de modo algum são culpados. Outro detalhe, ainda mais aterrador: diversas outras armas foram encontradas na casa, que foram todas apreendidas para a investigação. (Rastreie a notícia aqui: http://glo.bo/lRonYP). E os EUA são o sonho de consumo dos defensores brasileiros das armas na casa do cidadão “de bem”, para defender-se dos meliantes, bandidos, assaltantes, ladrões e estupradores. Sem mais comentários...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”