O darwinismo e a nossa fé no Deus Criador

No dia do aniversário de Charles Darwin, minha contribuição no programa Um Olhar para o Vale de hoje reflete sobre a Teoria da Evolução e a nossa fé. Como a Bíblia é um livro que fala da fé e das experiências de pessoas com Deus e, portanto, não pode ser usada como se falasse de ciências, eu posso conviver na boa com as descobertas do darwinismo. A ideia da evolução torna a Criação de Deus ainda mais genial do que é descrita no Gênesis. A teologia não vive dizendo que Deus não é um relojoeiro, que faz o relógio, dá corda e cai fora? Pois é, o que Darwin intuiu é perfeitamente compatível com um Deus sempre presente na sua criação. Ele está ali todo santo dia, pacientemente, trabalhando na sua obra prima com um amor incondicional, bem devagarinho e cheio de belas surpresas.

Ah, sim! E amanhã tem mais sobre este tema, no dia em que Galileu enfrentou a inquisição...

Veja a reflexão de hoje:

DARWIN
Olá gente amiga de Um Olhar para o Vale! O naturalista britânico Charles Darwin nasceu no dia 12 de fevereiro de 1809. Muito jovem, ele fez uma longa viagem à América do Sul. Nas Ilhas Galápagos, na Venezuela, ele estudou os animais de lá. Alguns pássaros da mesma espécie, mas com formatos de bico diferentes de uma ilha para outra, despertaram sua atenção. Ele descobriu que isso vinha da adaptação ao tipo de comida que havia em cada ilha. Darwin concluiu então que a adaptação ao meio ambiente era o princípio determinante da vida na Terra, inclusive para nós. A Teoria da Evolução ainda hoje provoca polêmica, por afirmar que as espécies surgiram por seleção natural. Darwin publicou suas descobertas somente muitos anos depois, com medo da reação da igreja e do mundo. Ainda hoje muitos negam essa teoria. Para mim, a Bíblia não é um livro de ciências e essa descoberta de Darwin só reforça a minha fé na genialidade da Criação de Deus. Um abençoado dia para você!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”