Um upgrade nas prédicas



O programa alemão para a época da Quaresma, com o nome de Sete Semanas Sem, está propondo para a Quaresma de 2014 a temática “Pensar por si mesmo – Sete Semanas Sem Falsas Certezas”. O desafio é redefinir as nossas convicções e construir uma base sólida para elas. Por incrível que pareça, isso afeta até mesmo as prédicas dos padres, pastores e pastoras das nossas igrejas. Como assim?

O Instituto para Cultura da Pregação (Institut für Predigtkultur), com base nesta ação de jejum antes da Páscoa, está desafiando os pregadores a abrirem mão de chavões teológicos nas suas homilias durante a Quaresma. Inclusive palavras como Deus, Jesus e Pecado estão na lista do instituto. Para o instituto, são palavras que se tornaram vazias e perderam muito do seu sentido original. É nece3ssário dar um novo sentido a elas e reencantar o ouvinte pelo seu significado.

A lista do Instituto juntou um total de 49 verbetes a serem revestidos de sentido no seu conteúdo. Entre eles, além dos já citados, estão as palavras ressurreição, penitência, Cristo, salvação, eternidade, alma, cruz, amor, sabedoria e sofrimento.

O Instituto foi criado em 2009 pelo Conselho da Igreja Evangélica na Alemanha com o objetivo de melhorar a qualidade das pregações nas igrejas protestantes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”