O Senado e os selos

Ao longo de quase 25 anos, eu mantive uma caixa postal nos correios. Há duas décadas isso era importante, porque tudo vinha por ela, que era a minha janela para o mundo. Nos últimos anos, eu recebia uma meia dúzia de cartas e muita propaganda através daquela portinha. Ao perceber a inutilidade, na era da internet e dos emails, em 2013 eu não renovei a caixa postal.

Por que eu conto isso? Porque simplesmente - como dizem os gaúchos - "me caíram os butiá do bolso" ao ler no jornal que o nosso valoroso Senado, em plena era dos emails, gastou quase 2 milhões de reais com a compra de 1,4 milhão de selos! Como se este absurdo por si só não bastasse, eles ainda por cima dizem "não saber o que foi feito com este material", determinado pela área administrativa como "cota postal".


O que irrita ainda mais é a sensação de ser roubado diariamente... Os nossos impostos são consumidos assim, enquanto falta para todas as coisas importantes que poderiam tornar o Brasil o melhor país do mundo para se viver...

Quer saber, o primeiro passo de uma reforma política de verdade seria acabar com o Senado. Para que serve o Senado da República? 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”