Espectro da discriminação



A campanha “The Spectrum of Discrimination” (“O Espectro de Discriminação”) da ONG francesa Ligue Internationale Contre le Racisme et l’Antisémitisme (LICRA) (Liga Internacional contra o Racismo e o Anti-semitismo), desnuda o racismo em sua forma mais simples e cruel: a discriminação pela cor da pele. A escolha de um catálogo de cores – desses comumente utilizados pela indústria de tintas para ajudar os seus consumidores na escolha de cores – para mostrar que o preconceito de cor é uma das formas discriminatórias mais comuns e cruéis entre todas as formas de discriminação, é simplesmente genial. Conforme a cor vai escurecendo, cresce o índice de desemprego. Ao pé da página, a frase: “Vamos fazer algo contra a discriminação”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”