Frei Betto e os massacres nos EUA

Frei Betto faz uma descrição certeira do caldo em que vicejam as cabeças psicopatas dos jovens que, com uma arma  na mão, metem bala sem olhar em quem, escolhendo cuidadosamente o local, para elevar o nível do impacto de sua ação à estratosfera. O texto do escritor, "Eu, o Coringa, venci o Batman!", foi publicado no site da ADITAL, e pode ser lido aqui. Não deixe de ler a análise de Frei Betto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”