As igrejas querem ajudar

Ontem à noite eu tive uma experiência muito boa. Por solicitação do pastor sinodal Breno Willrich (IECLB Vale do Itajaí), participei de uma mesa redonda organizada pela Fundação Municipal do Meio Ambiente de Blumenau para marcar a Semana do Meio Ambiente. O tema da noite foi "O papel das Igrejas frente às questões ambientais".

O encontro, no auditório do Colégio Bom Jesus, reuniu o Frei José Luiz Prim, como representante da Igreja Católica, o pastor Linderson Wagner Medeiros Teixeira, representante da Igreja Assembleia de Deus, e eu, como representante da IECLB. Na plateia, um grupo de professores e estudantes do curso de engenharia ambiental do Senai e diversos ambientalistas blumenauenses, o querido e veterano Lauro Bacca entre eles, além de muitos lutadores da causa ambiental, ligados à FAEMA e à ACAPRENA. A moderação da noite esteve com o professor Nélcio Lindner.

Cada um de nós teve vinte minutos para expor seus argumentos e, depois, uma bela troca de saberes entre a plateia e os integrantes da mesa redonda. Foi um momento rico, de muita aproximação, de respeito mútuo e de descoberta que, para essa luta hercúlea, precisamos somar todos. Nós, representantes das igrejas, deixamos com os ambientalistas o compromisso de que estamos juntos na luta comum. Os ambientalistas se dispuseram a nos assessorar, nas igrejas, nos trabalhos de grupos e atividades voltadas para a preservação ambiental.

Parabéns à FAEMA por esta iniciativa de nos convidar para este espetacular diálogo. De minha parte, espero que possa produzir frutos e que, juntos, possamos colocar sinais concretos de que um outro mundo é possível e, a partir da nossa esperança, é o que realmente queremos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”