Israel reivindica seus direitos


O Estado soberano de Israel reivindica os seus direitos. Não importa o preço a ser pago. Para isso, com o seu aliado maior, mais poderoso e que tem um Prêmio Nobel da Paz na presidência, veta na ONU até o direito da Palestina de estar no plenário das nações unidas sem direito a voto. Amanhã haverá um Fórum a favor da Palestina em Porto Alegre. A Associação Israelita brasileira fez de tudo para que o Fórum não tivesse apoio oficial de quem quer que seja. É Israel reivindicando os seus direitos. Não importa o preço a ser pago. Ah, sim... Desculpem pela foto deste post. Afirmo que ela não é apelativa... São apenas imagens reais do último bombardeio do soberano estado de Israel na Faixa de Gaza.

Nenhuma guerra é justa!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”