Rudinei Bernardi poderia ter sido salvo


Chocante, a morte de Rudinei Bernardi ontem, em Blumenau (http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,186,2953784,14990). Não o conheço, mas a fatalidade estúpida do seu acidente mexeu comigo. Morrer no dia do aniversário de 25 anos, poucas horas depois de realizar o sonho de comprar a tão esperada motocicleta, é uma tragédia que não se pode medir, especialmente para os pais e familiares envolvidos. Perguntas inevitáveis vão martelar as cabeças deles por muito tempo: "Por que deixamos ele comprar a moto? Por que Deus permite uma fatalidade dessas, ainda mais com um jovem trabalhador e sonhador? Por que ele não afivelou o capacete direito?"

Acidentes de moto podem acontecer com qualquer motociclista. Mas eles não precisam ser tão frequentes, nem fatais. Para isso, alguns cuidados mínimos são fundamentais. E o primeiro deles é a direção defensiva, ainda mais para quem compra a sua primeira moto. Estar habilitado não significa estar pronto para pilotar uma moto. É preciso ter paciência para adquirir experiência. E direção defensiva, definitivamente, não é algo que se aprende nessa droga de curso que oferecem por aí nos centros de formação de condutores para habilitar motoqueiros.

O Sindicato dos Motoboys de São Paulo está furibundo porque o Detran quer obrigar os motoboys a fazer um curso especial para exercer a profissão. Eu digo: parabéns ao Detran paulista! O curso deveria ser obrigatório para todos os motociclistas brasileiros, sejam eles profissionais ou de fim de semana, iniciantes ou experientes. Está mais do que na hora de levar as trágicas estatísticas de motociclistas mortos mais a sério.
Eu adoro andar de moto. Mas, sinceramente, não gostaria de fazer parte delas. Se um curso desses já fosse obrigação antes de colocar um capacete na cabeça e sair por aí, curtindo uma Bros ou uma Boulevard, uma Hayabusa ou uma Dafra, talvez a vida de Rudinei tivesse sido poupada...

Chega de mortes! Pilotagem segura e responsável já!
(Obs.: A foto acima é meramente ilustrativa e não reproduz o acidente que matou Rudinei Bernardi.)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”