O golpe de 64 na TV



Como o Brasil não tem a coragem da Argentina para rever as principais feridas da sua história recente e tratá-las com o remédio que merecem, mesmo que dolorido, a temática do período obscuro dos Anos de Chumbo está aparecendo na TV. Uma nova série, que está passando desde ontem, chama-se “O Dia que durou 21 anos”. A série é apresentada pela TV Brasil, desde ontem. Perdi o primeiro capítulo. Hoje vou assistir ao segundo e, amanhã, ao último, sempre às 22h.

Ainda mais ousada é a abordagem do tema pelo SBT, que está lançando hoje a sua nova novela, “Amor e Revolução”. Escrita por Tiago Santiago, a novela mistura ficção e realidade, mostrando todo o drama da tortura, da guerrilha, da truculência de um dos períodos ainda bastante obscuros da história brasileira. A novela estreia hoje à noite, terça-feira, às 22h15min, mostrando o atentado na UNE já no capítulo inicial.

Vale a pena conferir e esperar o que vem. Por menos que seja, irá levantar o assunto. Os que viveram o drama da época e os que nada sabem a respeito. Será uma aula de história necessária e inadiável para toda a nação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”