Meio judeu


Groucho Marx, famoso ator e comediante americano de origem judaica, tinha um filho da sua mulher, que não era judia. O filho não foi admitido num clube muito chique do bairro de Nova York em que residiam. Groucho enviou-lhes um telegrama: “Uma vez que o meu filho é só meio judeu, será que ele não poderia entrar na sua piscina só até a cintura?”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”