Sonhos roubados



Hoje, 18 de maio, é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração contra Crianças e Adolescentes. Como forma de despertar o seu interesse e conscientizar, alguns dados sobre esta aterradora realidade em nosso país. As informações a seguir estão no site da Agência Nacional dos Direitos da Infância-ANDI (http://www.andi.org.br/).

No ano passado foram denunciados 15.345 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Segundo dados do Disque 100, da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) da Presidência da República, em 2009 houve 9.638 registros de abuso sexual, 5.415 de exploração sexual, 229 de pornografia e 63 de tráfico de crianças. E só nos quatro primeiros meses de 2010, já foram contabilizadas cerca de 4.000 ocorrências de violência sexual contra meninos e meninas. Para alertar sobre situação, o Brasil instituiu, desde 2000, pela Lei 9.970, a data 18 de maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O 18 de maio foi criado para ser um dia de mobilização em todo o País. O problema é grave e deve ser enfrentado pelo poder público e pela sociedade, incluindo não só o terceiro setor, mas também a família e a escola.

Hoje será lançado o Prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. A iniciativa é uma homenagem à assistente social Neide Viana Castanha, falecida em janeiro deste ano e reconhecida defensora dos direitos humanos, dedicando grande parte de sua vida na luta contra a violência a que são submetidas crianças e adolescentes no Brasil. O Prêmio é destinado a pessoas físicas e jurídicas com atuação destacada na promoção e defesa dos direitos infanto-juvenis no enfrentamento da violência sexual.

Dentro da programação oficial da semana em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, será lançado em circuito nacional o filme “Sonhos Roubados”, história baseada no livro “As Meninas da Esquina - Diários dos Sonhos, Dores e Aventuras de Seis Adolescentes do Brasil”, da jornalista Eliane Trindade. A obra investiga meninas da região Norte, Nordeste e Sudeste do País e reúne depoimentos do dia a dia dessas adolescentes. O filme é de Sandra Werneck.

O filme aborda os caminhos que levam à exploração sexual. As personagens são garotas que moram na periferia, num mundo em que as famílias são vulneráveis e a realidade é esmagadora. As meninas são carentes de tudo, principalmente de afeto. E mesmo nesse quadro de absoluta incerteza, elas teimam em amar, se divertir e sonhar com um futuro melhor.

“Sonhos Roubados” foi filmado em locações nas comunidades de Ramos e Curicica, bairros da Zona Oeste do Rio de Janeiro. O elenco conta com a participação de Nanda Costa, Amanda Diniz, Kika Farias, Marieta Severo, Daniel Dantas, MV Bill, entre outros. A atriz Nanda Costa recebeu o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema Brasileiro de Paris, que está em sua 12ª edição. O anúncio foi na última terça-feira (11/5).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”