Sobrevida de um século


Você sabia que hoje, há exatos cem anos, o mundo devia ter acabado? Tudo teria um trágico final, nas primeiras horas da manhã do dia 20 de maio de 1910. Uma febre crescente acometia a humanidade: o Cometa Halley (que ja era visível a olho nu desde março) se chocaria contra a Terra e tudo acabaria.

Muita gente acreditou nisso. O cartão postal (imagem acima) é só uma pequena amostra do que corria na mídia da época. Ele retrata um pouco do pânico reinante em 1910. Suicídios, orgias sexuais, rituais religiosos absurdos, tudo isso estava acontecendo. O cometa tirou o planeta de órbita, literalmente. Os meios de comunicação retratavam o pânico das massas e as descabidas afirmações dos "especialistas" e cientistas de toda ordem. Muitos tinham medo do fim e, para não enfrentá-lo, chegaram a cometer suicídio.

Cem anos depois desse pavor coletivo, parece que quase nada mudou. O filme 2012 e a teoria em torno de um calendário maia dão o novo tom de final dos tempos. Take it easy, my friends...

Talvez, mais do que um fenômeno extra nos, a nossa civilização ocidental consumista-narcisista-nihilista-hedonista consiga um resultado muito mais catastrófico bem antes do fim dos tempos propriamente dito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”