Pedalando pela água


Os holandeses Joost Notenboom (28) e Michiel Roodenburg (25) viajam numa bicicleta feita de bambu e fibra de maconha e levam consigo uma garrafa de água que trouxeram do Polo Norte e querem levar até o Pólo Sul. A viagem irá durar 18 meses e deve acabar no Natal do ano que vem. Eles se conheceram em Israel e agora estão no México, em uma viagem de 30 mil quilômetros que começou no Alasca e vai terminar em Ushuaia, na Argentina.


A dupla quer chamar atenção para o problema da água no mundo. O projeto (que pode ser acompanhado pelo site Cycle for Water, em inglês) busca investigar a relação das diferentes populações em diferentes ecossistemas com a água. Os holandeses dormem em barracas ou na casa de pessoas que se oferecem para hospedá-los. As bicicletas têm quadros de bambu e, segundo a dupla, são fortes e resistentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”