Japão refaz rodovia em seis dias

Foto do dia 11 de março mostrava a rodovia destruída pelo terremoto em Naka.


Outra foto tirada no dia 17 de março no mesmo local já mostra a rodovia totalmente refeita. (Fotos AP)

Não dá para não comentar, sem ficar humilhado. Aqui em Blumenau, o buraco da Rua das Missões, que resultou da queda de parte da pista em vista dos deslizamentos de 2008, foi se alargando, alargando e alargando, até engolir o rodado de um caminhão, meio ano depois. Aí, somente aí, a rua foi interditada, porque durante esse tempo se construiu um desvio (asfaltado!) para o trânsito.

A partir de então, mais de um ano depois, a pista foi sendo reconstruída e finalmente entregue ao tráfego no final do ano passado. Foram dois longos anos! Tudo bem que havia uma eclusa para o ribeirão Fortaleza e ser concluída etc. Só que essa eclusa já estava em obras há pelo menos seis anos. A previsão é que toda a reconstrução do Japão pós-tsunami irá levar menos de cinco anos. Ou seja, menos tempo do que a obra daquela “eclusinha” ridícula.

Diante dessa patetada toda, o exemplo dessa rodovia no Japão é acachapante, desconcertante, humilhante. E, tenho certeza, as nossas autoridades nem sequer ficarão ruborizadas diante dessas duas fotos.



Eis a obra em Blumenau, que levou dois anos para ser concluída.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”