O boato do filme Corpus Christi

Uma das coisas mais incômodas deste mundo, sem caixas postais e caixas de correio cada vez mais vazias nos portões das casas, é o lixo que enche as nossas caixas de e-mail. Circula coisa de todo tipo. E bota circular nisso.

Está voltando com tudo e de maneira irritantemente insistente, nesses tempos de polêmica em torno do homossexualismo, um e-mail conclamando para um abaixo-assinado contra o lançamento de um tal filme chamado Corpus Cristi. O e-mail pede por assinaturas contra o lançamento do filme. E no último que eu recebi tem muita gente da nossa querida IECLB que, na tocada, também assinou o e-mail. A gente vai botando o nome e não olha muito, acreditando estar defendendo uma grande causa.

Atenção, e isso é importante:
1) O filme não existe! Talvez, por nossa insistência, algum diretor resolva enfim rodá-lo.
2) Este e-mail é um hoax e está circulando desde que a internet existe. Aliás, já circulava antes da internet, pelo correio, na forma de abaixo-assinado por carta. Ele está por aí desde o longínquo ano de 1984!
3) O e-mail que é citado como receptor das assinaturas é homasg@softhome.net. Quem enviar uma mensagem para esse endereço vai receber como resposta: homasg@softhome.net has been canceled for abuse. Ou seja, foi cancelado por receber tantas assinaturas que não suportou, e foi cancelado pelo provedor.
4) Maiores detalhes sobre essa história deste filme inexistente você pode ler aqui.

A coisa mais certa a fazer quando se recebe pedidos dessa ordem é checar. No caso do filme Corpus Christi, eu simplesmente digitei o termo no Google e os alertas choveram. Faça isso sempre que tiver dúvida sobre algo muito "importante e urgente" que recebe por e-mail.

Comentários

  1. Hoje é 21/02/2017 e eu recebi isso pelo whatsapp. Alavancagem desse povo q não tem pq fazer.

    ResponderExcluir
  2. Hoje é 21/02/2017 e eu recebi isso pelo whatsapp. Alavancagem desse povo q não tem pq fazer.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

Origem do termo “América Latina”