Shirin Ebadi no Brasil


Uma das vozes mais destacadas da luta contra a discriminação das mulheres no mundo islâmico é a iraniana Shirin Ebadi, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 2003. Modelo para a luta pelos direitos humanos e por justiça de gênero no mundo inteiro, Shirin Ebadi esteve no Brasil no mês de junho e, entre suas muitas atividades, participou da segunda conferência do ciclo Fronteiras do Pensamento, realizada na Sala São Paulo, da USP, no dia 14 de junho. O jornalista Paulo Hebmüller escreveu uma detalhada matéria no jornal da universidade, com o pensamento de Shirin Ebadi. A matéria tem o sugestivo título de Uma voz que clama pela justiça. Deixe-se inspirar por seu pensamento e, principalmente, por sua profunda esperança de que um outro mundo é possível, também no mundo islâmico. Você pode ler toda a matéria aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”