O erro que levou ao naufrágio

O principal argumento do capitão do navio de cruzeiros que esbarrou numa ilha no Mediterrâneo é que "a rocha em que o navio bateu não estava na carta náutica". É óbvio, senhor capitão! Quem fez a carta náutica jamais suporia que o senhor iria afastar-se por mais de 9 milhas da sua rota. Essa rocha não estava nessa carta pela simples razão de que ninguém cometeria a insanidade de tamanho desvio. O último desvio desse tamanho teve como resultado a descoberta do Brasil, ora, pois!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”