Imagem arranhada


Segundo o filósofo francês Luc Ferry, “é preciso ser popular para se conquistar o poder, e às vezes seria necessário poder ser impopular para exercê-lo bem”.

Em nome de manter os índices de popularidade, se deixa de fazer coisas que deveriam ser feitas. O excessivo empenho do governo em manter a base aliada em torno do seu projeto de segurar índices confortáveis de popularidade está permitindo que as oportunidades de mudar realmente este país sejam desperdiçadas. Para determinadas tarefas, é necessário tirar as luvas de veludo das mãos e agarrar com força e coragem.

Mas não é só o governo que pensa e age dessa maneira. Todos nós queremos preservar a nossa imagem a qualquer custo e, muitas vezes, deixamos de fazer o que deveria ser feito só para não desagradar fulano ou beltrano.

Todos precisamos tirar as luvas de veludo de vez em quando. Mesmo que, ao fazê-lo, arranhemos as mãos...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”