Pregação de morte às minorias

Emerson Eduardo Rodrigues (32) de Curitiba e Marcelo Valle Silveira Mello (29) de Brasília foram presos hoje (22 de março) em Curitiba por publicações de apologia à violência contra mulheres, negros, homossexuais, nordestinos e judeus em um site. O site com conteúdo criminoso também incitava o abuso sexual de menores.

O Ministério Público Federal (MPF) e a ONG SaferNet receberam 70 mil denúncias contra o conteúdo do site. A página ainda está no ar nesta quinta-feira. Ela está hospedada em um provedor na Malásia e a PF requisitou ao governo daquele país que o desative.

Os suspeitos apoiaram o massacre em uma escola em Realengo, no Rio de Janeiro, em 7 de abril de 2011, no qual 12 estudantes foram assassinados. Também no site, Rodrigues postou fotos de mulheres ensanguentadas, dizendo que elas mereciam morrer por manterem relações com homens negros. Usando o apelido “Búfalo Viril”, o suspeito publicou uma mensagem de apoio ao homem de 22 anos que quebrou o braço de uma moça de 19 anos em Natal, após ela ter se recusado a beijá-lo. O site também fez ameaças de morte ao deputado federal Jean Wyllys por atuar em defesa dos direitos dos homossexuais. A Polícia Federal investiga se as imagens postadas no site são reproduções ou se estão relacionadas a crimes cometidos pelos suspeitos.

Na decisão judicial que decretou a prisão preventiva dos criminosos, consta que “a manutenção dos investigados em liberdade é atentatória à ordem pública. A conduta atribuída aos investigados é grave, na medida em que estimula o ódio a minorias e a violência a grupos minoritários, através de meios de comunicação facilmente acessíveis a toda a comunidade. Ressalto que o conteúdo das ideias difundidas no site é extremamente violento. Não se trata de manifestação de desapreço ou de desprezo a determinadas categorias de pessoas (o que já não seria aceitável), mas de pregar a tortura e o extermínio de tais grupos, de forma cruel, o que se afigura absolutamente inaceitável”.

Eu já disse aqui que eles estão bem perto de nós, circulando em nosso meio, fazendo parte do nosso círculo de conhecidos. Eis mais uma demonstração evidente disso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”