Um coral de 800 anos


Fundado em 1212 pelo marquês Dietrich von Meissen, “Die Thomaner”, o famoso Coro de Meninos da Igreja de São Tomás de Leipizig, comemora em março 800 anos de existência.

A igreja de São Tomás ficou conhecida pela atuação de seus inúmeros diretores musicais. O mais famoso deles foi Johann Sebastian Bach, que conseguiu para a cidade de Leipzig o reconhecimento como importante centro musical. Também outros acontecimentos históricos, como o sermão de Martinho Lutero no dia 25 de maio de 1539, concorreram para que a igreja de São Tomás se tornasse famosa.

O mais importante diretor musical da igreja de São Tomás foi sem dúvida Johann Sebastian Bach, que atuou em Leipzig de 1723 a 1750. Foram anos de intensa produtividade musical para o compositor. Desde 1950, a igreja abriga os restos mortais do grande músico.

O cotidiano não é nada fácil para os integrantes do coro conseguir equilíbrio entre os 800 anos de tradição e o mundo moderno. Entre as tarefas escolares e os ensaios diários, sobra muito pouco tempo para outras atividades. Principalmente neste ano de comemorações é necessário ter muita disciplina e dedicação para obter sucesso nos inúmeros concertos.

Conhecido no mundo inteiro, o Coro de Meninos da igreja de São Tomás de Leipzig já realizou diversas turnês. A primeira viagem internacional dos garotos foi em 1920, quando se apresentaram na Dinamarca e na Noruega. Atualmente, eles têm fãs em todo o mundo.

A escola que foi acoplada à igreja também estava aberta às crianças da comunidade. Entre os ex-alunos se encontram alguns nomes famosíssimos, como o do compositor Richard Wagner. A igreja, a escola e o coro de São Tomás formam uma tradicional unidade e são uma das mais antigas instituições culturais da cidade de Leipzig.

No dia 19 de março começou em Leipzig a semana comemorativa aos 800 anos do Coro de São Tomás. Como parte das festividades, será inaugurado o Campus Forum Thomanum, com inúmeros concertos em homenagem a esta tradicional instituição.

Fonte: Deutsche Welle

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ócio e o negócio

O boato do filme Corpus Christi

Origem do termo “América Latina”